Exportar registro bibliográfico

Caracterização hidrossedimentológica do Canal de Acesso do Complexo Portuário do Maranhão (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: AMARAL, ROGERIO FERNANDO DO - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PHD
  • Subjects: HIDRÁULICA MARÍTIMA; MODELOS MATEMÁTICOS; DRAGAGEM MARÍTIMA
  • Language: Português
  • Abstract: A Área Portuária do Maranhão constitui-se no segundo maior complexo portuário do Brasil e um dos maiores do mundo em termos de movimentação de carga. Situada na costa ocidental da Ilha de São Luís, na Baía de São Marcos, esta área portuária abrange o Complexo Portuário de Ponta da Madeira, da CVRD - Companhia Vale do Rio Doce S. A., o Porto de Itaqui, da EMAP - Empresa Maranhense de Administração Portuária e o Porto da ALUMAR, da Alcoa, Alcan, BHPBilliton e Abalco. A caracterização da hidrosedimentologia do Canal de Acesso do Complexo Portuário do Maranhão foi conduzida a partir da compilação e análise dos dados de correntes existentes e da aplicação de modelagem computacional. A caracterização das conformações de fundo foi efetuada a partir da análise de mais de 20 anos de sondagens batimétricas nas áreas de interesse do Canal de Acesso. Com a caracterização da área pretende-se fornecer subsídios à Engenharia Portuária, possibilitando o planejamento de sondagens batimétricas e dragagens de manutenção do Canal. Este trabalho também contempla uma metodologia para fornecimento de previsão de campos de corrente, a partir dos resultados das simulações hidrodinâmicas, e o fornecimento de previsão da evolução e migração das conformações de fundo. A evolução das isóbatas na Área IV mostra que as formações de ondas de areia não evidenciam significativa mudança de posição com o tempo. Em compensação, a Área I, apresenta conformações de fundo com irregularidadeda forma de onda, evidenciando que existe uma maior migração destas. O modelo de transporte de sedimentos indicou pequeno transporte resultante na Área IV, III e II. O que explicaria a reduzida migração dessas ondas quando comparadas com a Área I. A determinação das ondas críticas para cada Área pode ser instrumento na operação portuária, com redução da área hidrografada para definir a tomada de decisão quanto a nova dragagem
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.12.2006
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AMARAL, Rogério Fernando do; ALFREDINI, Paolo. Caracterização hidrossedimentológica do Canal de Acesso do Complexo Portuário do Maranhão. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-19042007-171908/ >.
    • APA

      Amaral, R. F. do, & Alfredini, P. (2006). Caracterização hidrossedimentológica do Canal de Acesso do Complexo Portuário do Maranhão. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-19042007-171908/
    • NLM

      Amaral RF do, Alfredini P. Caracterização hidrossedimentológica do Canal de Acesso do Complexo Portuário do Maranhão [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-19042007-171908/
    • Vancouver

      Amaral RF do, Alfredini P. Caracterização hidrossedimentológica do Canal de Acesso do Complexo Portuário do Maranhão [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3147/tde-19042007-171908/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021