Exportar registro bibliográfico

Uma análise espectroscópica de discos de acresção em variáveis cataclísmicas (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: RIBEIRO, FABIOLA MARIANA AGUIAR - IAG
  • Unidade: IAG
  • Sigla do Departamento: AGA
  • Assunto: DISCOS DE ACRESÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho é apresentado um estudo observacional de discos de acresção em variáveis cataclísmicas (VCs). São analisadas medidas espectrofotométricas com resolução temporal dos perfis de linhas de emissão. A emissividade em linhas dos sistemas é mapeada utilizando a técnica de tomografia Doppler. Os parâmetros básicos das binárias, tais como período orbital , massas, inclinação orbital, são determinados quando necessário. Um código foi desenvolvido para simular a variabilidade das linhas de emissão em sistemas binários, além da presença de vento. O código foi utilizado para quantificar os parâmetros necessários para um estudo adequado de tomografia do flickering, tais como número de espectros, relação sinal-ruído destes, e frequência e amplitude do flickering em questão. Três sistemas são abordados: V3885 Sgr, RR Pic e V841 Oph. A variabilidade intrínseca de V3885 Sgr é mapeada através de técnica de tomografia do flickering. O flickering foi simulado e verificou-se que a fonte principal de flickering observada em V3885 Sgr não poderia se originar em um disco de acresção Kepleriano, mas sim na face iluminada da estrela secundária. Uma interpretação proposta para este fenômeno seria um cenário onde o flikering no contínou UV originado nas regiões centrais do disco ou na mancha quente é reprocessado na face iluminada da secundária. Obtivemos a primeira confirmação, para uma variável cataclísmica para uma variável cataclisma de curto período (RR Pic), de uma secundária comrelação massa/raio distante da sequência principal. No caso de V841 Oph determinamos o período orbital e obtivemos uma razão de massas um pouco inferior a 1. Verificamos a existência de uma região de emissão mais intensa localizda no quadrante oposto ao esperado para a mancha quente, sendo esta região particularmente brilhante em Hel. O disco de acresção de C841 Oph foi verificado como sendo de baixa emissividade em linhas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.10.2006
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIBEIRO, Fabíola Mariana Aguiar; DIAZ, Marcos Perez. Uma análise espectroscópica de discos de acresção em variáveis cataclísmicas. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/14/14131/tde-27112006-134627/ >.
    • APA

      Ribeiro, F. M. A., & Diaz, M. P. (2006). Uma análise espectroscópica de discos de acresção em variáveis cataclísmicas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/14/14131/tde-27112006-134627/
    • NLM

      Ribeiro FMA, Diaz MP. Uma análise espectroscópica de discos de acresção em variáveis cataclísmicas [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/14/14131/tde-27112006-134627/
    • Vancouver

      Ribeiro FMA, Diaz MP. Uma análise espectroscópica de discos de acresção em variáveis cataclísmicas [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/14/14131/tde-27112006-134627/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021