Exportar registro bibliográfico

Controle da ventilação em lepidosiren paradoxa: quimiorrecepção frente a hipercarbia (2006)

  • Authors:
  • USP affiliated author: VENTURA, JALILE AMIN NAVES - FMRP
  • School: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFI
  • Subjects: FISIOLOGIA RESPIRATÓRIA E CIRCULATÓRIA; FISIOLOGIA COMPARADA
  • Language: Português
  • Abstract: O aparecimento da respiração aérea nos vertebrados aconteceu há mais de 400 milhões de anos, com o surgimento dos primeiros peixes pulmonados. Abundantes naquela época, hoje existem apenas seis espécies viventes, representadas por três gêneros (Lepidosiren, Protopterus e Neoceratodus). A ordem dos peixes pulmonados (Dipnoi) representa, na taxonomia clássica, o último ramo anterior ao surgimento dos anfíbios ancestrais. Sendo assim, o detalhamento de sua morfologia e de sua fisiologia torna-se de extrema importância. Dentro da fisiologia respiratória, o controle da ventilação é um tópico de grande relevância. Para atingir este objetivo, foram realizados neste trabalho, dois protocolos experimentais, sendo o primeiro para verificar a presença de quimiorreceptores periféricos sensíveis a PC'O IND. 2'/pH, bem como sua contribuição na resposta ventilatória total e o segundo, para verificar a seletividade dos quimiorreceptores centrais a C'O IND. 2', 'H POT.+' ou ambos. Ao aplicarmos o primeiro protocolo - hipercarbia aquática e aérea de 7% (~49mm'HG') durante cinco horas - constatamos que a ventilação, na última hora do registro, aumentou cerca de oito vezes em relação ao controle normocárbico. Ao aplicarmos a superfusão normocárbica com pH constante normal para o animal (7,45) -para eliminarmos a resposta dos quimiorreceptores centrais -a ventilação caiu cerca de cinco vezes em relação a quinta hora de hipercárbia. Esse resultado excedeu o controlenormocárbico em cerca de três vezes. Os quimiorreceptores periféricos para PC'O IND. 2'/pH foram as responsáveis por essa resposta, que através de cálculos, constatamos ser 20% da resposta ventilatória total frente a hipercarbia, resposta similar a dos homens. Ao aplicarmos o segundo protocolo - vários níveis de pH com C'O IND. 2' constante em valor normocárbico para o animal e variação do nível de C'O IND. 2' com pH constante normal para o animal - verificamos que nas duas situações, a ventilação aumentou, sendo que a hipercárbia foi um estimulo menor do que a acidose. Com o pH normal (7,45) e o aumento do nivel de C'0 IND. 2' de 3 para 6%, a ventilação aumentou cerca de duas vezes. Com a PC'0 IND. 2' em valores normocárbicos, a diminuição do pH, de 7,45 para 7,20 e sucessivamente para 7,10 causou um aumento de 3 vezes na ventilação. Dessa forma concluimos que p 'H POT.+' e o C'O IND. 2' são estímulos distintos aos quimiorreceptores centrais de Lepidosiren paradoxa. Esses dados são de extrema importância no estudo da evolução da vida aquática para a terrestre, apoiando a teoria de que Dipnoi é grupo irmão de tetrápodes. Além disso, demonstramos que o controle da ventilação pulmonar surgiu anteriormente a transição para a vida terrestre, sendo Lepidosirenidae, a família mais primitiva na escala taxonômica a apresentar, além de quimiorreceptores respiratórios centrais, distinção entre seus estímulos e tambémquimiorreceptores periféricos internos que respondem a estimulos ácido-base
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.12.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      VENTURA, Jalile Amin Naves; GLASS, Mogens Lesner. Controle da ventilação em lepidosiren paradoxa: quimiorrecepção frente a hipercarbia. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Ventura, J. A. N., & Glass, M. L. (2006). Controle da ventilação em lepidosiren paradoxa: quimiorrecepção frente a hipercarbia. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Ventura JAN, Glass ML. Controle da ventilação em lepidosiren paradoxa: quimiorrecepção frente a hipercarbia. 2006 ;
    • Vancouver

      Ventura JAN, Glass ML. Controle da ventilação em lepidosiren paradoxa: quimiorrecepção frente a hipercarbia. 2006 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022