Exportar registro bibliográfico

Modelação da resposta imune por células T reguladoras na infecção por Trypanosoma cruzi (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: MARIANO, FLÁVIA SAMMARTINO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: TRYPANOSOMA CRUZI; DOENÇAS PARASITÁRIAS; IMUNOLOGIA CELULAR (RESULTADOS)
  • Language: Português
  • Abstract: Pacientes infectados por Trypanosoma cruzi não são capazes de eliminar os parasitas por completo, isto é, não há imunidade esterilizante. A manutenção do estado de latência, embora possa ser benéfica ao hospedeiro, diminuindo a possibilidade de lesão e mantendo a imunidade à re-infecção, permite a reativação da doença em várias situações por manter o reservatório do patógeno. Os dados obtidos em nosso laboratório apontam para a participação de células T 'CD4 POT.+' 'CD25 POT.+' reguladoras (Tregs), na fisiopatogenia da infecção por T. cruzi. Assim sendo, para investigarmos o papel de células T reguladoras na resistência, suscetibilidade e indução de patologia em animais infectados por T. cruzi, tratamos animais com anticorpos monoclonais anti-GITR ou anti-CD25 seguindo dois protocolos experimentais. No primeiro, inoculamos os anticorpos anti-GITR ou anti-CD25 antes e durante a infecção e no segundo protocolo experimental, os anticorpos anti-GITR ou anti-CD25, foram inoculados somente antes a infecção com parasita. O grupo tratado com anti-GITR antes e durante a infecção apresentou caquexia e elevada miocardite composta de intensa presença de células T 'CD4, POT. +', 'CD8 POT. +', 'IFN-y POT. +' e 'CCR5 POT.+' quando comparados aos demais grupos. Valores reduzidos de NO foram detectados no soro, desses animais, o que sugere que as células inflamatórias poderiam estar anérgicas. No entanto, no segundo protocolo, o tratamento com anti-GITR ou anti-CD25apenas antes da infecção resultou em maior mortalidade de animais de ambos os grupos, porém apenas os que receberam tratamento com anti-GITR tiveram maiores níveis de parasitemia. Além disso, estes apresentaram o desenvolvimento de intensa miocardite, com presença de células T 'CD4 POT +', 'CDS POT. +' e 'CCR5 POT. +'. No entanto, altos níveis de NO foram detectados no soro após tratamento com anti GITR, contrastando com elevada presença de parasitas no tecido cardíaco desses animais. Ademais, baixos níveis de IL-IO, TGF-'beta', IFN-y e IL-12 foram observados em ambos os grupos tratados com anti-GITR ou anti-CD25 quando comparados com os controles. Os resultados sugerem um papel indispensável das Tregs efetoras durante a infecção por T. cruzi, pois a ausência da atividade supres sara exercida por essas células, leva a uma intensa resposta imune ausando a morte do hospedeiro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.10.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARIANO, Flávia Sammartino; SILVA, João Santana da. Modelação da resposta imune por células T reguladoras na infecção por Trypanosoma cruzi. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Mariano, F. S., & Silva, J. S. da. (2006). Modelação da resposta imune por células T reguladoras na infecção por Trypanosoma cruzi. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Mariano FS, Silva JS da. Modelação da resposta imune por células T reguladoras na infecção por Trypanosoma cruzi. 2006 ;
    • Vancouver

      Mariano FS, Silva JS da. Modelação da resposta imune por células T reguladoras na infecção por Trypanosoma cruzi. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021