Exportar registro bibliográfico

Avaliação longitudinal, clínica e radiográfica, do processo de reparo dos tecidos periodontais marginais após cirurgia ressectiva de aumento de coroa (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: GONZALEZ, MARLY KIMIE SONOHARA - FOB
  • Unidade: FOB
  • Sigla do Departamento: BAP
  • Subjects: PERIODONTO; COROAS DENTÁRIAS; RESTAURAÇÃO DENTÁRIA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar clínica e radiograficamente a reparação dos tecidos periodontais marginais em 30 dentes pré-molares, sem doença periodontal e com indicação cirúrgica para aumento de coroa com finalidade restauradora. A técnica cirúrgica executada consistiu de retalho total, osteotomia/osteoplastia para expor pelo menos de 3mm de estrutura dentária saudável, reposicionamento e sutura da margem do retalho coronal à crista óssea e apical ao término cervical. Na avaliação clínica, medidas de margem gengival (MG), nível de inserção relativo (NIR), junção mucogengival (JMG), espessura gengival, papila gengival; presença de placa bacteriana (PB) e sangramento gengival (IS) foram obtidas antes da cirurgia e repetidas nos períodos pós-operatórios de 1, 2, 3, 4, 5, 6 e 12 meses. O uso de placa oclusal com pontos de referência fixos padronizou a localização da sonda periodontal nos sítios distal adjacente, mesial, vestibular (V), lingual (L), distal e mesial adjacente. Radiografias interproximais com posicionadores individuais foram padronizadas e realizadas antes e após cirurgia óssea, e nos períodos de 2, 3, 6 e 12 meses. Os resultados clínicos demonstraram: 1) redução significante de PB e IS aos 12 meses, exceto para sítios L; 2) nenhuma alteração significante em NIR e JMG durante período de reparação; 3) maior migração coronal da MG quanto maior a proximidade da margem do retalho pós-sutura em relação à crista óssea, para reformar amedida pré-cirúrgica do tecido gengival supra-ósseo (TGS); 4) nenhuma correlação entre espessura gengival e quantidade de migração da MG; 5) estabilização da MG nos sítios V e L a partir do 4º mês; 6) migração coronal significante da MG proximal com tendência à estabilização após 12 meses; e 7) alterações morfológicas do tecido gengival interdentário durante formação da papila gengival. Radiograficamente, lâmina dura intacta foi detectada em todas as cristas ósseas ) aos 12 meses, sem nenhuma alteração significante no nível ósseo durante período de reparação. Concluiu-se que a estabilidade da MG foi alcançada mais rapidamente ao suturar a margem do retalho no nível ou próximo à medida pré-cirúrgica de TGS. Dessa forma, sugere-se a utilização da medida pré-cirúrgica de TGS como parâmetro clínico para estimar a quantidade de ressecção óssea a ser realizada, monitorar as alterações da MG e determinar e prever a sua futura posição estável, após cirurgia de aumento de coroa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.08.2006
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GONZALEZ, Marly Kimie Sonohara; GREGHI, Sebastião Luiz Aguiar. Avaliação longitudinal, clínica e radiográfica, do processo de reparo dos tecidos periodontais marginais após cirurgia ressectiva de aumento de coroa. 2006.Universidade de São Paulo, Bauru, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-21062007-092515/ >.
    • APA

      Gonzalez, M. K. S., & Greghi, S. L. A. (2006). Avaliação longitudinal, clínica e radiográfica, do processo de reparo dos tecidos periodontais marginais após cirurgia ressectiva de aumento de coroa. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-21062007-092515/
    • NLM

      Gonzalez MKS, Greghi SLA. Avaliação longitudinal, clínica e radiográfica, do processo de reparo dos tecidos periodontais marginais após cirurgia ressectiva de aumento de coroa [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-21062007-092515/
    • Vancouver

      Gonzalez MKS, Greghi SLA. Avaliação longitudinal, clínica e radiográfica, do processo de reparo dos tecidos periodontais marginais após cirurgia ressectiva de aumento de coroa [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25135/tde-21062007-092515/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021