Exportar registro bibliográfico

Mapeamento de QTLs utilizando as abordagens Clássica e Bayesiana (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: TOLEDO, ELISABETH REGINA DE - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCE
  • Subjects: ESTATÍSTICA APLICADA; GRÃOS; MAPEAMENTO GENÉTICO; MARCADOR MOLECULAR; MILHO; VEROSSIMILHANÇA
  • Language: Português
  • Abstract: A produção de grãos e outros caracteres de importância econômica para a cultura do milho, tais como a altura da planta, o comprimento e o diâmetro da espiga, apresentam herança poligênica, o que dificulta a obtenção de informações sobre as bases genéticas envolvidas na variação desses caracteres. Associações entre marcadores e QTLs foram analisadas através dos métodos de mapeamento por intervalo composto (CIM) e mapeamento por intervalo Bayesiano (BIM). A partir de um conjunto de dados de produção de grãos, referentes à avaliação de 256 progênies de milho genotipadas para 139 marcadores moleculares codominantes, verificou-se que as metodologias apresentadas permitiram classificar marcas associadas a QTLs. Através do procedimento CIM, associações entre marcadores e QTLs foram consideradas significativas quando o valor da estatística de razão de verossimilhança (LR) ao longo do cromossomo atingiu o valor máximo dentre os que ultrapassaram o limite crítico LR = 11; 5 no intervalo considerado. Dez QTLs foram mapeados distribuídos em três cromossomos. Juntos, explicaram 19,86% da variância genética. Os tipos de interação alélica predominantes foram de dominância parcial (quatro QTLs) e dominância completa (três QTLs). O grau médio de dominância calculado foi de 1,12, indicando grau médio de dominância completa. Grande parte dos alelos favoráveis ao caráter foram provenientes da linhagem parental L0202D, que apresentou mais elevada produção de grãos. Adotando-se aabordagem Bayesiana, foram implementados métodos de amostragem através de cadeias de Markov (MCMC), para obtenção de uma amostra da distribuição a posteriori dos parâmetros de interesse, incorporando as crenças e incertezas a priori. Resumos sobre as localizações dos QTLs e seus efeitos aditivo e de dominância foram obtidos. Métodos MCMC com saltos reversíveis (RJMCMC) foram utilizados para a análise Bayesiana e ) Fator calculado de Bayes para estimar o número de QTLs. Através do método BIM associações entre marcadores e QTLs foram consideradas significativas em quatro cromossomos, com um total de cinco QTLs mapeados. Juntos, esses QTLs explicaram 13,06% da variância genética. A maior parte dos alelos favoráveis ao caráter também foram provenientes da linhagem parental L02-02D
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.10.2006
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TOLEDO, Elisabeth Regina de; LEANDRO, Roseli Aparecida. Mapeamento de QTLs utilizando as abordagens Clássica e Bayesiana. 2006.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11134/tde-14112006-134805/ >.
    • APA

      Toledo, E. R. de, & Leandro, R. A. (2006). Mapeamento de QTLs utilizando as abordagens Clássica e Bayesiana. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11134/tde-14112006-134805/
    • NLM

      Toledo ER de, Leandro RA. Mapeamento de QTLs utilizando as abordagens Clássica e Bayesiana [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11134/tde-14112006-134805/
    • Vancouver

      Toledo ER de, Leandro RA. Mapeamento de QTLs utilizando as abordagens Clássica e Bayesiana [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11134/tde-14112006-134805/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021