Exportar registro bibliográfico

Integração de sistemas de controle de carga em ambiente portuário (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: ZANCUL, PAULO JOSE - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PEA
  • Subjects: AUTOMAÇÃO PORTUÁRIA; SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GERENCIAL
  • Language: Português
  • Abstract: Muitos são os objetivos para o controle de carga no comércio exterior. Organismos Internacionais estabelecem programas voltados à segurança física das instalações e navios. Acordos bilaterais entre o Brasil e os Estados Unidos da América estabelecem programas com a ênfase em segurança. Os objetivos do Estado brasileiro representado por sua Aduana estão voltados à regulamentação do mercado com a nacionalização das cargas e seu devido recolhimento de impostos. Para isto utiliza sistemas de alcance nacional como SISCOMEX Importação, Exportação e Trânsito Aduaneiro, para controlar o fluxo das cargas no comércio exterior. Possuem o enfoque nas mercadorias já presentes no território nacional. Outro objetivo é a necessidade de facilitação da burocracia e também a busca por segurança. A preocupação com a segurança deve estar presente tanto nos sistemas informatizados, e aí se adota a certificação digital como forma segura de transmissão dos dados, como na operação física da carga. A operação física, no modal marítimo na importação, inclui a informação do transportador sobre seu manifesto, a informação do Operador Portuário sobre a descarga efetuada, a informação do Recinto Alfandegado que irá armazenar esta carga. Dois sistemas operam na unidade local da Alfândega do Porto de Santos, a Supervia Eletrônica de Dados, com os transportadores e Operadores e a Declaração de Transferência Eletrônica, com os Operadores e Recintos. A integração destes sistemas diminui burocracia, aumenta controles, valida dados. O benefício é para toda a comunidade aduaneira, pois este resultado elimina atividades burocráticas das autoridades, e fornece informações mais seguras para a autoridade portuária facilitando o faturamento de seu contrato de privatização. Favorece as interações dos Armadores com a Alfândega, pois possibilita interação via internet tanto nas solicitações quanto nas autorizações.Facilita a solicitação de carga para os Recintos diminuindo sua digitação, garante descrição única da carga permitindo sua alteração somente através do procedimento legal, permite também o fechamento do manifesto, conciliando as cargas manifestadas com as descarregadas e também com o despacho aduaneiro a que foi submetida tal mercadoria.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.09.2006
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ZANCUL, Paulo José; DIAS, Eduardo Mario. Integração de sistemas de controle de carga em ambiente portuário. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3143/tde-07082007-122759/ >.
    • APA

      Zancul, P. J., & Dias, E. M. (2006). Integração de sistemas de controle de carga em ambiente portuário. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3143/tde-07082007-122759/
    • NLM

      Zancul PJ, Dias EM. Integração de sistemas de controle de carga em ambiente portuário [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3143/tde-07082007-122759/
    • Vancouver

      Zancul PJ, Dias EM. Integração de sistemas de controle de carga em ambiente portuário [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3143/tde-07082007-122759/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021