Exportar registro bibliográfico

Avaliação do efeito protetor da L-glutamina e da citocalasina B na vitrificação de oócitos imaturos em bovinos (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: YAMADA, CLAUDIA - FMVZ
  • Unidade: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VRA
  • Subjects: ÓVULOS; CRIOPROTETORES ANIMAL; AMINOÁCIDOS; BOVINOS
  • Language: Português
  • Abstract: Neste trabalho, avaliaram-se os efeitos protetores da L-glutamina e da citocalasina B na vitrificação de oócitos imaturos em bovinos. Foram realizados testes com várias soluções base de vitrificação, sendo selecionadas três para os experimentos de exposição e vitrificação de oócitos (25% de etilenoglicol - EG + 25 % de glicerol; 20% de EG + 20 % de DMSO; 25% de EG + 25% de DMSO). Para todos os experimentos, foram utilizados oócitos com ooplasma homogêneo, cumulus completo e compacto. No experimento 1, realizou-se a exposição dos oócitos às três soluções, com posterior remoção do crioprotetor e maturação in vitro, objetivando avaliar a toxicidade das soluções. No experimento 2, realizou-se a vitrificação dos oócitos nas três soluções, utilizando envase em palhetas OPS - "open pulled straw", para escolher o protocolo mais eficiente. No experimento 3, realizou-se a vitrificação dos oócitos para avaliar o efeito protetor da L-glutamina e da citocalasina B, empregando-se a solução base EG+D50 (PBS, 10% de SFB, 25% de EG, 25% de DMSO e 0,5 M de trealose) e os grupos experimentais 1) L-glutamina e citocalasina B; 2) citocalasina B; 3) L-glutamina; 4) controle vitrificado; 5) controle não vitrificado. Após a descongelação, os oócitos dos 5 grupos experimentais foram maturados in vitro, fixados, corados com Hoechst e avaliados quanto ao estágio de maturação nuclear. Em razão da citocalasina B não ter apresentado efeito positivo na maturação, somente osgrupos vitrificados com e sem L-glutamina e controle não vitrificado foram avaliados quanto à fecundação e ao desenvolvimento embrionário in vitro. A exposição dos oócitos às soluções de vitrificação por 30 segundos não apresentou toxicidade, porém, com 60 segundos de exposição, as soluções EG+D50 e EG+Gly provocaram diminuição dos índices de maturação. A vitrificação de oócitos imaturos de bovinos em solução de 25% de etilenoglicol, 25% de DMSO e 0,5M de trealose, com ) exposição de 30s, em OPS, apresentou melhor desempenho em relação ao índice de maturação nuclear (29,2%). A L-glutamina melhorou a viabilidade pós-descongelação de oócitos imaturos de bovinos, aumentando os índices de maturação nuclear (de 17,4% para 32,8%). Em relação à citocalasina B, não houve diferenças dos índices de maturação nuclear entre os grupos vitrificados com e sem citocalasina. Apesar dos índices de maturação obtidos, a eficiência ainda é baixa em relação aos índices de fecundação (11,9 e 9,5%) e de desenvolvimento embrionário (2,3% de clivagem e 0% de blastocistos) dos oócitos vitrificados com ou sem L-glutamina
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.04.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      YAMADA, Claudia; VISINTIN, José Antonio. Avaliação do efeito protetor da L-glutamina e da citocalasina B na vitrificação de oócitos imaturos em bovinos. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.
    • APA

      Yamada, C., & Visintin, J. A. (2006). Avaliação do efeito protetor da L-glutamina e da citocalasina B na vitrificação de oócitos imaturos em bovinos. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Yamada C, Visintin JA. Avaliação do efeito protetor da L-glutamina e da citocalasina B na vitrificação de oócitos imaturos em bovinos. 2006 ;
    • Vancouver

      Yamada C, Visintin JA. Avaliação do efeito protetor da L-glutamina e da citocalasina B na vitrificação de oócitos imaturos em bovinos. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021