Exportar registro bibliográfico

Estudo da alteração de cor de resinas compostas, influenciada pela clorexidina associada ao vinho tinto doce (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: FREITAS, DANIELA DE BIAGI - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: RESINAS COMPOSTAS (ALTERAÇÃO); VINHO; ESPECTROFOTOMETRIA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo "in vitro" avaliou a alteração de cor de três materiais restauradores estéticos: Charisma® , Filtek Supreme® e Z-100® por meio espectrofotometria, nos tempos 24 e 48 horas, 7, 14 e 21 dias, quando submetidos a ação de clorexidina + vinho (S1), clorexidina (S2) e saliva artificial (controle)(S3). Cada um dos corpos-de-prova (n=07) foi confeccionado, de acordo com um sorteio em blocos completos casualizados, com auxílio de um anel metálico medindo 10x2mm. Os espécimes foram polidos com discos Soft Lex®, na seqüência de abrasividade decrescente, e armazenados em saliva artificial, em estufa a 37° (' + OU -' 1C) até os momentos de serem submetidos à imersão nas soluções propostas e realização das leituras de alteração de cor, nos tempos propostos. Todos os espécimes dos grupos experimentais de cada material foram imersos sob agitação, em clorexidina + vinho(S1) e só clorexidina(S2) duas vezes por dia, cinco dias por semana por vinte e um dias. As leituras de alteração de cor foram obtidas com auxílio do aparelho de Espectrofotômetro (PCB 6807 BYK GARDNER). Os dados foram submetidos à Análise de Variância ANOVA (p'<OU='0,01). Os resultados obtidos foram: a) as resinas Charisma® (M1), Z100® (M2) e Filtek Supreme® (M3) apresentaram alteração de cor, b) M1 apresentou maior alteração de cor e M3 a menor alteração, ficando em posição intermediaria M2, c) a associação de clorexidina + vinho (S1) determinou maior alteração de cor para todas as resinasestudadas, d) a alteração de cor foi maior, principalmente, entre 7 dias (T2) e 14 dias (T3), e) todas as resinas estudadas apresentaram menor luminosidade após serem submetidas aos tratamentos propostos por 21 dias. Conclui-se que as resinas estudadas neste trabalho apresentaram alteração de cor nas soluções de clorexidina + vinho(S3), clorexidina(S2) e saliva artificial (S3), em ordem decrescente. No entanto tais alterações estão dentro do limite aceitável clinicamente ('delta' E' épsilon'<3,3)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.08.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FREITAS, Daniela de Biagi; CARTIRSE, Alma Blásida Concepcion Elizaur Benitez. Estudo da alteração de cor de resinas compostas, influenciada pela clorexidina associada ao vinho tinto doce. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Freitas, D. de B., & Cartirse, A. B. C. E. B. (2006). Estudo da alteração de cor de resinas compostas, influenciada pela clorexidina associada ao vinho tinto doce. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Freitas D de B, Cartirse ABCEB. Estudo da alteração de cor de resinas compostas, influenciada pela clorexidina associada ao vinho tinto doce. 2006 ;
    • Vancouver

      Freitas D de B, Cartirse ABCEB. Estudo da alteração de cor de resinas compostas, influenciada pela clorexidina associada ao vinho tinto doce. 2006 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021