Exportar registro bibliográfico

Educação escolar da pessoa com deficiência mental em instituições de educação especial: da política à instituição concreta (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: MELETTI, SILVIA MÁRCIA FERREIRA - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: RETARDO MENTAL; EDUCAÇÃO ESPECIAL; POLÍTICA EDUCACIONAL
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho teve como objetivo analisar os mecanismos utilizados pela instituição especial para se adequar às exigências legais e normativas no sentido de assumir a educação escolar como eixo central de seu trabalho, compatibilizando-o com as necessidades especiais de seus educandos. Para isso, optou-se por analisar os documentos institucionais que nortearam o movimento de adequação e a percepção dos profissionais que compõem a equipe técnica de uma instituição especial em processo de mudança. Os documentos analisados foram: as diretrizes curriculares elaboradas pela Federação Nacional das APAES APAE Educadora: a escola que buscamos, o currículo da instituição especial e seu relatório de atividades. A análise consistiu em buscar nos documentos e no discurso dos profissionais a forma como as dimensões Educação Especial, Deficiência Mental e Instituição Especial eram concebidas e se as concepções contemplavam as novas configurações de cada uma delas, previstas na legislação educacional: a educação especial como uma modalidade de ensino, a deficiência mental como uma necessidade educacional especial e a instituição especial como uma escola do sistema regular de ensino. Para isso, o recurso metodológico utilizado foi a Análise de Discurso. Os resultados indicaram que os mecanismos utilizados foram: apropriação do discurso oficial; reinterpretação das normas de flexibilização curricular e de terminalidade específica; reorganização formal e aparente da estruturainstitucional. Com base na análise dos resultados foi possível concluir que os mecanismos utilizados pela instituição especial sustentam uma transformação institucional aparente que mantém o caráter totalitário e conservador da instituição e da educação especial por meio da manutenção da pessoa com deficiência mental no âmbito da filantropia; da indistinção entre reabilitação e educação e o não acesso a processos efetivos de escolarização; e da manutenção da condição segregada da pessoa com deficiência mental na instituição especial, reconhecida como escola do sistema regular de ensino
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.05.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MELETTI, Silvia Márcia Ferreira; PATTO, Maria Helena Souza. Educação escolar da pessoa com deficiência mental em instituições de educação especial: da política à instituição concreta. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.
    • APA

      Meletti, S. M. F., & Patto, M. H. S. (2006). Educação escolar da pessoa com deficiência mental em instituições de educação especial: da política à instituição concreta. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Meletti SMF, Patto MHS. Educação escolar da pessoa com deficiência mental em instituições de educação especial: da política à instituição concreta. 2006 ;
    • Vancouver

      Meletti SMF, Patto MHS. Educação escolar da pessoa com deficiência mental em instituições de educação especial: da política à instituição concreta. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021