Exportar registro bibliográfico

Análise da inflência da espessura da linha de cimentação na formação de fissuras na interface dente/restauração de resina indireta, por meio de microscopia eletrônica de varredura (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: CAVALCANTE, MÁRCIA ROSA SOBREIRA - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 806
  • Subjects: DENTÍSTICA RESTAURADORA; REABILITAÇÃO BUCAL
  • Language: Português
  • Abstract: A contração do cimento resinoso é capaz de gerar tensões na interface adesiva que podem causar ruptura da união, afetando o selamento marginal. Neste trabalho foi avaliada a formação de fissuras, por meio de microscopia eletrônica de varredura(MEV), na interface adesiva de inlays de resina indireta com dois diferentes padrões de desajustes marginais. Foram preparados 26 cavidades classe V nas faces proximais de 3° molares humanos recém-extraídos. As restaurações foram confeccionadas em Sr Adoro a partir de modelos em gesso tipo IV obtidos de moldes em silicona de adição. Espaçadores foram utilizados, na confecção das restaurações para simular fendas de 40 a 65µm e fendas de 90 a 115µm, na parede oclusal (em esmalte) e cervical (em cemento) da cavidade. A cimentação foi feita com cimento resinoso (Rely-X), conforme as recomendações do fabricante. Após termociclados (1OOOciclos de 5 a 55 C com intervalo de 30s), os dentes foram seccionados transversalmente à restauração e levados ao MEV, 163 fotomicrografias foram obtidas pelo rastreamento da superfície de toda a interface dente/restauração, a mensuração das fissuras foi realizada com software ImageJ, e as informações sobre incidência e localização das fissuras foram registradas. Os dados foram submetidos a analise estatística e observou-se que as fendas entre 90 a 115µm situadas em cemento foram as que apresentaram maior extensão de fissuras(p<0,05). As fendas de 90 a 115µm naparede axial e as fendas em esmalte independente do tamanho foram estatisticamente semelhantes. Quanto à localização das fissuras, a maior incidência ocorreu na interface dentina /cimento resinoso, 100% para as fendas menores e 84,61%para as maiores. Em relação ao percentual de comprometimento da interface, podemos concluir que apesar de individualmente existir diferença na extensão de fissuras nas fendas de 90 a 11Oµm em cemento comparado às de 40 a 65µm, em relação ao comprometimento total, a espessura da fenda não alterou a extensão das fissuras
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.06.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAVALCANTE, Márcia Rosa Sobreira; FERNANDES, Regina Maura. Análise da inflência da espessura da linha de cimentação na formação de fissuras na interface dente/restauração de resina indireta, por meio de microscopia eletrônica de varredura. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Cavalcante, M. R. S., & Fernandes, R. M. (2006). Análise da inflência da espessura da linha de cimentação na formação de fissuras na interface dente/restauração de resina indireta, por meio de microscopia eletrônica de varredura. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Cavalcante MRS, Fernandes RM. Análise da inflência da espessura da linha de cimentação na formação de fissuras na interface dente/restauração de resina indireta, por meio de microscopia eletrônica de varredura. 2006 ;
    • Vancouver

      Cavalcante MRS, Fernandes RM. Análise da inflência da espessura da linha de cimentação na formação de fissuras na interface dente/restauração de resina indireta, por meio de microscopia eletrônica de varredura. 2006 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020