Exportar registro bibliográfico

Verificação da janela de detecção de etilglicuronídeo urinário entre usuários crônicos e bebedores sociais de etanol por cromatografia em fase gasosa acoplada á espectrometria de massas (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: MARIN, ANA VERÓNICA FLORES - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: ANÁLISE TOXICOLÓGICA; CROMATOGRAFIA; ESPECTROMETRIA DE MASSAS; URÉIA (ANÁLISE); DROGAS DE ABUSO
  • Language: Português
  • Abstract: A janela de detecção de etilglicuronídeo (EtG) parece variar de acordo com a intensidade de consumo de etanol. Assim sendo, o objetivo do presente trabalho foi desenvolver e validar uma metodologia empregando extração em fase sólida e GC-MS para a determinação de EtG urinário, no sentido de verificar sua janela de detecção entre um grupo de bebedores sociais e usuários crônicos. Os limites de detecção e quantificação obtidos foram 0,1 e 0,2 mg/L respectivamente. O método proposto demonstrou ser linear no intervalo de 0,2 a 100,0 mg/L ('r POT.2''MAIOR' 0,99), exato e preciso. A janela de detecção de EtG em amostras de urina de cinco voluntárias após ingestão única e controlada de 0,5 glkg de etanol variou de 24 a 35 horas. Amostras de urina foram coletadas de 14 pacientes internados em clínica de recuperação. Os resultados mostraram que a maioria deles provavelmente consumiu etanol, prejudicando a interpretação dos resultados. Nos casos em que a concentração urinária de EtG foi decaindo no decorrer do tempo, a janela de detecção variou de 72 a 120 horas. O método mostrou ser útil para monitorar a abstinência durante o tratamento de pacientes dependentes de etanol ou o consumo após uma única exposição em baixa dose
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.07.2006
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARIN, Ana Veronica Flores; MOREAU, Regina Lúcia de Moraes. Verificação da janela de detecção de etilglicuronídeo urinário entre usuários crônicos e bebedores sociais de etanol por cromatografia em fase gasosa acoplada á espectrometria de massas. 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-01092006-100951/ >.
    • APA

      Marin, A. V. F., & Moreau, R. L. de M. (2006). Verificação da janela de detecção de etilglicuronídeo urinário entre usuários crônicos e bebedores sociais de etanol por cromatografia em fase gasosa acoplada á espectrometria de massas. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-01092006-100951/
    • NLM

      Marin AVF, Moreau RL de M. Verificação da janela de detecção de etilglicuronídeo urinário entre usuários crônicos e bebedores sociais de etanol por cromatografia em fase gasosa acoplada á espectrometria de massas [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-01092006-100951/
    • Vancouver

      Marin AVF, Moreau RL de M. Verificação da janela de detecção de etilglicuronídeo urinário entre usuários crônicos e bebedores sociais de etanol por cromatografia em fase gasosa acoplada á espectrometria de massas [Internet]. 2006 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9141/tde-01092006-100951/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021