Exportar registro bibliográfico

Análise histológica da injeção de látex e hidroxiapatita em pregas vocais - estudo experimental em cães (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: KÜPPER, DANIEL SALGADO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: ROO
  • Subjects: GLOTE (ANORMALIDADES); CORDAS VOCAIS; LATEX (USO;EXPERIMENTAÇÃO); HIDROXIAPATITA (USO;EXPERIMENTAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: Insuficiência glótica pode ser definida como a perda de coaptação adequada entre as pregas vocais. Disfonia e aspiração de líquidos e sólidos são os sintomas mais comuns. As principais causas são: paralisia, paresia, atrofia e cicatriz de prega vocal. Existem dois tipos de cirurgia para correção de insuficiência glótica: tireoplastia e injeção de substâncias. Esta última técnica tem-se mostrado mais fácil de executar, com menor custo e menor taxa de morbidade. Porém, a substância ideal para realizar o procedimento ainda não existe. Vários materiais foram tentados ao longo do último século como: parafina, cartilagem, Teflon®, colágeno, gordura, fáscia muscular e ácido hialurônico. Todavia, dificuldades foram encontradas com essas substâncias, ora havendo absorção, ora ocorrendo formação de granulomas de corpo estranho. A hidroxiapatita é o principal componente de ossos e dentes, e já vem sendo utilizada na área da saúde, para reparação de defeitos ósseos ou odontológicos, com boa aceitação. Não tendo sido observado toxicidade, reação de corpo estranho ou absorção. O látex é a substância natural da árvore Hevea brasiliensis e tem mostrado boa biocompatibilidade com tecido animal em vários experimentos já realizados, como: timpanoplastias, reparação de esôfagos em cães, próteses vasculares e encapsulamento de ilhotas de Langerhans submetidas a transplante. OBJETIVO: O objetivo deste estudo é avaliar histologicamente as conseqüências da injeção dehidroxiapatita e látex em pregas vocais caninas, previamente paralisadas, avaliando a resposta inflamatória obtida, migração tecidual e viabilidade do implante. MATERIAIS E MÉTODOS: Dezoito cachorros foram divididos em seis grupos de três animais cada: Grupo 1A: injeção de látex e sacrifício em 24 horas. Grupo 1B: Injeção de látex e sacrifício em 14 dias. Grupo lC: Injeção de látex e sacrifício em 180 dias. Grupo 2A: Injeção de Hidroxiapatita e sacrifício em 24 horas. Grupo 2B: Injeção de Hidroxiapatita e sacrifício em 14 dias. Grupo 2C: Injeção de hidroxiapatita e sacrifício em 180 dias. O pó de cimento de HÁ foi dissolvido em solução salina e injetado. O látex foi obtido diretamente da árvore Hevea brasiliensis, filtrado, esterilizado e então injetado na prega vocal paralisada. O local da injeção foi o mesmo para as duas substâncias, no 1/3 posterior da prega vocal, diretamente no músculo tireoaritenoideo, lateralmente ao processo vocal. RESULTADOS: A injeção de látex ocasionou intenso infiltrado inflamatório em 24 horas e em 14 dias e foi observada disseminação da substância ao longo das fibras musculares e tecidos cervicais. Em 6 meses a inflamação declinou, porém não havia sinais do látex injetado, que foi reabsorvido. A hidroxiapatita levou à inflamação intensa em 24 horas que declinou para grau moderado em 14 dias e discreta em 6 meses. Não houve sinais de reabsorção importante do enxerto e sua posição de injeção foimantida, não induzindo reação de corpo estranho ou disseminação tecidual. CONCLUSÃO: O látex não preenche os critérios para substância a ser injetada, devido à disseminação tecidual. A hidroxiapatita manteve o sítio de injeção, não migrou pelos tecidos cervicais e mostrou boa viabilidade, sem reação de corpo estranho, o que a candidata à substância ideal
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.07.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KUPPER, Daniel Salgado; OLIVEIRA, José Antonio Apparecido de de. Análise histológica da injeção de látex e hidroxiapatita em pregas vocais - estudo experimental em cães. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Kupper, D. S., & Oliveira, J. A. A. de de. (2006). Análise histológica da injeção de látex e hidroxiapatita em pregas vocais - estudo experimental em cães. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Kupper DS, Oliveira JAA de de. Análise histológica da injeção de látex e hidroxiapatita em pregas vocais - estudo experimental em cães. 2006 ;
    • Vancouver

      Kupper DS, Oliveira JAA de de. Análise histológica da injeção de látex e hidroxiapatita em pregas vocais - estudo experimental em cães. 2006 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021