Exportar registro bibliográfico

Caracterização genotípica gB do citomegalovírus (CMV) na infecção materna (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: MARIN, LAURO JULIANO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: INFECÇÕES POR CYTOMEGALOVIRUS; IMUNOLOGIA; SAÚDE MATERNO-INFANTIL
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: A caracterização genotípica de cepas do CMV que causam a infecção congênita tem recebido atenção devido a estratégias de prevenção por meio de vacinas. Os genótipos gB podem ter diferentes freqüências de acordo com a região geográfica e influenciar nas características da doença. Objetivos: 1- Estimar a prevalência dos genótipos gB de cepas do CMV em recém-nascidos (RN) com infecção congênita, estudando a relação desses genótipos com a ocorrência de infecção sintomática. 2- Avaliar a co-infecção com diferentes cepas virais nas crianças infectadas ao nascimento e durante o primeiro ano de vida. Métodos: Setenta e sete recém-nascidos (RN) com infecção congênita por CMV foram estudados, sendo 19/77 (25%) sintomáticos e 58/77 (75%) assintomáticos. Amostras de urina e saliva foram obtidas de todos RN e amostras de sangue capilar em papel filtro de 45 RN. O diagnóstico de infecção congênita por CMV foi baseado na detecção do DNA viral pela reação de amplificação gênica em cadeia da polimerase e confirmado pelo isolamento viral em pelo menos duas amostras de urina e/ou saliva coletadas até 3 semanas de vida. A análise dos genótipos foi baseada no polimorfismo do fragmento de restrição do amplificado do gene codificador da glicoproteína B. Amostras seqüenciais de urina e/ ou saliva foram obtidas de 48 crianças infectadas durante o primeiro ano de vida e monitorizadas para determinação dos genótipos gB. A reinfecção foi definida se a análise das cepas virais do CMVmostraram genótipos gB diferentes quando comparada à última detecção em pelo menos duas amostras seriadas. Resultados: Dentre os RN, a distribuição dos genótipos foi gB1: 25/77 (32,5%); gB2: 32/77 (41,5%); gB3: 20/77 (26%); gB4: 0/77 (0%). Não houve predomínio de nenhum genótipo (p=0,39). O mesmo genótipo foi encontrado em diferentes sítios corporais (urina, saliva e sangue) de cada RN infectado. Não foi observada nenhuma associação entre a ocorrência de infecção sintomática pelo CMV e os genótipos virais (p=0,17). Durante o seguimento de 3 a 20 meses (mediana=11 meses), genótipos diferentes foram identificados em apenas uma criança (2.1 %), sugerindo reinfecção com uma nova cepa. Nas 47 crianças remanescentes, um único genótipo viral identificado ao nascimento foi detectado em todas as amostras subsequentes. Conclusões: Uma distribuição similar dos genótipos gB1, gB2 e gB3 e uma baixa freqüência de gB4 foi observada em recém-nascidos infectados congenitamente nesta região do Brasil. A diferença da distribuição comparada aos estudos em outros países pode estar relacionada com a distribuição geográfica das cepas virais. A não associação dos genótipos gB com a expressão clínica da doença congênita sugere que a glicoproteína B não é o único fator responsável pela virulência de cada cepa. Um único genótipo viral foi responsável pela infecção em cada recém nascido ao nascimento. A reinfecção precoce pelo CMV não é um eventofreqüente em crianças portadoras de infecção congênita, mesmo numa população com alta exposição ao CMV
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.05.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARIN, Lauro Juliano; YAMAMOTO, Aparecida Yulie. Caracterização genotípica gB do citomegalovírus (CMV) na infecção materna. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Marin, L. J., & Yamamoto, A. Y. (2006). Caracterização genotípica gB do citomegalovírus (CMV) na infecção materna. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Marin LJ, Yamamoto AY. Caracterização genotípica gB do citomegalovírus (CMV) na infecção materna. 2006 ;
    • Vancouver

      Marin LJ, Yamamoto AY. Caracterização genotípica gB do citomegalovírus (CMV) na infecção materna. 2006 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021