Exportar registro bibliográfico

Filogenia e taxonomia da família Belliidae Dana, 1852 (Crustacea: Decapoda: Brachyura) (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: FRANCO, GEORGIA MARIA DE OLIVEIRA - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: CRUSTACEA; BRACHIOPODA; DECAPODA; FILOGENIA
  • Language: Português
  • Abstract: No presente trabalho se realizou um estudo morfológico da família Belliidae Dana, 1852, com o objetivo de rever a sistemática da família, testar o seu monofiletismo através de um estudo cladístico e propor uma hipótese filogenética para as relações interans em Belliidae. Ao final deste estudo a família Belliidae inclui seis espécies: Bellia picta H. Milne Edwards, 1848; Acanthocylus gayi Lucas, 1844, Acanthocyclus albatrosis Rathbun, 1898 e Acanthocyclus hassleri Rathbun, 1898; Corystoides chilensis Lucas, 1844 e Heterozius rotundifrons A. Milne-Edwards, 1867. Corystoides abbreviatus A. Milne-Edwards, 1880 foi sinonimizada à Corystoides chilensis. Todas as seis espécies foram redescritas com base no material tipo. Foram designados lectótipos para as seguintes espécies: C. chilensis, C. abbreviatus e A. gayi. Para a análise filogenética foram utilizados 16 táxons terminais, incluindo espécies-tipo dos gêneros-tipo de cada uma das famílias que compõem a superfamília Corystoidea: Atelecyclidae Ortmann, 1814 (Atelecyclus rotundatus (Olivi, 1792), Peltarium spinulosum (White, 1843)), Belliidae (Acanthocyclus gayi, Acanthocyclus hassleri, Acanthocyclus albatrossis, Bellia picta, Corystoides chilensis, Heterozius rotundifrons), Cancridae Latreille, 1802 (Cancer pagurus Linnaeus, 1758), Corystidae Samouelle, 1819 (Corystes cassivelaunus (Pennat, 1777), Pirimelidae Alcock, 1899 (Pirimela denticulata (Montagu, 1808)) e Thiidae Dana, 1852 (Thia sucutellata(Fabricius, 1793)). Quatro espécies foram utilizadas como grupo externo: Mithraculus forceps (A. Milne-Edwards, 1875), Carpilius corallinus (Herbst, 1783), Xanthodius denticulatus (White, 1847) e Pilumnoides hassleri A. Milne-Edwards, 1880. Ao todo foram selecionaados 46 caracteres da morfologia externa do adulto. A análise filogenética reveou quatro árvores mais parcimoniosas, cada uma com 115 passos e índice de consistência de 0.54. Os resultados indicam o monofiletismo da família Belliidae, sendo H. rotundifrons, endêmica da Nova Zelândia, o ramo mais basal da filogenia, irmão dos ramos sul americanos (Bellia, Corystoides e Acanthocyclus). A superfamília Corystoidea Dana, 1852 é monofilética com Thiidae, Atelecyclidae e Corystidae; as famílias Cancridae e Pirimelidae são excluídas de Corystoidea. Corystoidea sensu Bouvier, 1942, é rejeitada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.04.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FRANCO, Geórgia Maria de Oliveira; TAVARES, Marcos Domingos Siqueira. Filogenia e taxonomia da família Belliidae Dana, 1852 (Crustacea: Decapoda: Brachyura). 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.
    • APA

      Franco, G. M. de O., & Tavares, M. D. S. (2006). Filogenia e taxonomia da família Belliidae Dana, 1852 (Crustacea: Decapoda: Brachyura). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Franco GM de O, Tavares MDS. Filogenia e taxonomia da família Belliidae Dana, 1852 (Crustacea: Decapoda: Brachyura). 2006 ;
    • Vancouver

      Franco GM de O, Tavares MDS. Filogenia e taxonomia da família Belliidae Dana, 1852 (Crustacea: Decapoda: Brachyura). 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020