Exportar registro bibliográfico

Avaliação da resistência da união de dentes acrílicos à resina termicamente ativada e da alteração de cor, após ação da cuba ultrasônica e de soluções desinfetantes (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: MIAN, HENIS - FORP
  • Unidade: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: PRÓTESE; REABILITAÇÃO BUCAL; MATERIAIS DENTÁRIOS
  • Language: Português
  • Abstract: Para a manutenção da biossegurança, todas as etapas dos trabalhos protéticos deveriam ser criteriosamente tratadas a fim de prevenir infecções cruzadas. Por outro lado, a influência de tratamentos físicos e químicos sobre a resistência adesiva de dentes artificiais a bases acrílicas de prótese ainda é objeto de pesquisa, bem como a possibilidade de alteração da cor das próteses. Este estudo teve por objetivo comparar a resistência ao cisalhamento de dentes artificiais de dupla e tripla camada (Biolux® e Trilux®), após a ação de soluções desinfetantes (Listerine®, Cepacol®, Periogard®, Desincrostante enzimático - Nordizyme® e Hipoclorito de sódio a 1 %, e água de torneira como controle), e a ação da cuba ultra-sônica. Foram obtidos 72 corpos de prova de cada tipo de dente, incluídos em bases cilíndricas de resina termopolimerizável, originando 12 grupos. Destes, 6 grupos foram submetidos à ação da cuba ultra-sônica com as soluções desinfetantes por 4 ciclos de 15 minutos cada, e 6 grupos ficaram imersos nas soluções por igual período de tempo. Os valores de resistência de união foram obtidos por meio de teste de cisalhamento em máquina universal de ensaios modelo DL 2000, e os resultados convertidos em MPa. Também foi avaliada a ação das soluções desinfetantes na modificação da cor original da resina da base das próteses por meio do Espectrofotômetro PCB 6807, utilizando a escala CIE L 'AST'a'AST'b'AST' para a determinação da cor, por comparação das amostras antes e após oensaio. Foram obtidas 60 amostras por processo idêntico àquelas do ensaio de cisalhamento, porém sem a inclusão dos dentes artificiais. Dois grupos foram avaliados para as soluções desinfetantes com e sem o uso da cuba de ultra-som. Para a análise estatística foi utilizado o teste ANOVA. Os dentes acrílicos de tripla prensagem apresentaram resistência adesiva menor quando submetidos à ação de soluções desinfetantes na cuba )ultra-sônica em comparação com aqueles de dupla prensagem. Não houve alteração estatisticamente significante na cor das bases de próteses acrílicas, indicando que o método é seguro para a desinfecção das próteses, com quaisquer das soluções e situações ensaiadas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.02.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MIAN, Henis; PEDRAZZI, Vinícius. Avaliação da resistência da união de dentes acrílicos à resina termicamente ativada e da alteração de cor, após ação da cuba ultrasônica e de soluções desinfetantes. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Mian, H., & Pedrazzi, V. (2006). Avaliação da resistência da união de dentes acrílicos à resina termicamente ativada e da alteração de cor, após ação da cuba ultrasônica e de soluções desinfetantes. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Mian H, Pedrazzi V. Avaliação da resistência da união de dentes acrílicos à resina termicamente ativada e da alteração de cor, após ação da cuba ultrasônica e de soluções desinfetantes. 2006 ;
    • Vancouver

      Mian H, Pedrazzi V. Avaliação da resistência da união de dentes acrílicos à resina termicamente ativada e da alteração de cor, após ação da cuba ultrasônica e de soluções desinfetantes. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021