Exportar registro bibliográfico

Avaliação do papel dos leucotrienos na candidíase (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: BOLZONI, ROSANE MARIA FALASCO - FCFRP
  • Unidade: FCFRP
  • Sigla do Departamento: 604
  • Subjects: CANDIDA ALBICANS; LEUCOTRIENOS (AVALIAÇÃO); IMUNOPARASITOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Candida albicans é o agente etiológico da candidíase, a qual pode ser uma infecção local ou sistêmica. Nesta micose, a resposta Th1 com produção de IL-2, IL-12, IFN-'gama', e TNF-'alfa', está associada com ativação de macrófagos e resistência à reinfecção. A resposta Th2, com liberação de IL-4, IL-6 e IL-10, leva à exacerbação da doença. Neutrófilos e macrófagos são consideradas as principais células efetoras na candidíase. Os leucotrienos são importantes mediadores da resposta imune protetora em diferentes processos infecciosos. O presente estudo teve como objetivo investigar a importância dos leucotrienos na candidíase. Para isso, camundongos deficientes de leucotrienos (5-LO KO) e selvagens (129), foram infectados i.v., e 1, 3, 7 e 14 dias após, determinamos (1) os números de leucócitos sanguíneos e de Unidades Formadoras de Colônia (UFC) nos rins, baços e fígados, (2) as alterações histopatológicas, o número de neutrófilos, macrófagos, linfócitos T 'CD4 POT. +' e 'TCD8 POT. +' e citocinas nos rins, (3) em cultura de células de baço, a produção de NO e IL-12. Além disso, avaliamos in vitro o efeito da infecção (1) de células dos rins e baço, e a (2) atividade microbicida de macrófagos. Nossos resultados mostraram que há aumento relativo de neutrófilos no sangue periférico de animais 5-LO KO, 1 dia após a infecção, fato que foi acompanhado por diminuição do número de células mononucleares, em comparação aos controles. Aumento no número absoluto de neutrófilossó foi observado em animais 129 no sétimo e décimo quarto dias após infecção. A ausência de leucotrienos resultou na eliminação mais rápida de C. albicans dos rins de animais 5-LO KO, quando comparamos com os 129. Os achados histopatológicos confirmam estes dados. Animais 5-LO KO e 129 infectados apresentaram igualmente aumento de neutrófilos nos rins no terceirto e sétimo dias após a infecção, em relação aos respectivos controles. No entanto, ) aumento de linfócitos 'TCD4 POT. +' só foi observado no sétimo dia após infecção, nos animais 129. Não houve diferença quanto ao número de macrófagos e linfócitos 'TCD8 POT. +' nos dois dias analisados em ambas as linhagens. Em relação às citocinas presentes no sobrenadante de rins, somente animais 5-LO KO infectados apresentaram aumento de IL-1, no terceiro dia após infecção, quando comparado com animais 129 infectados, ou seus controles. Por outro lado, rins de ambas as linhagens apresentaram aumento de KC em todos os dias analisados, embora naqueles 5-LO KO houve diminuição significativa no sétimo e décimo quarto dias quando comparado com os selvagens. Não foram observadas diferenças quanto aos níveis de IFN-'gama', TNF-'alfa', IL-10 e IL-4 nos períodos analisados. Em sobrenadante de cultura de baço, houve aumento significativo de IL-12 somente por células obtidas 7 e 14 dias, e de NO somente por células coletadas de animais 129, no primeiro dia após infecção. Nos experimentos de infecção de células de rins e baçoin vitro, na presença ou ausência de leucotrieno exógeno, observamos menor número de UFC em células de rins e baço de animais 5-LO KO. A adição de leucotrieno exógeno reverteu este fenômeno somente em células de rins. Além disso, macrófagos peritoneais de animais 5-LO KO matam mais C. albicans do que células de camundongos 129, quando estas foram opsonizadas com anticorpo e complemento. Por outro lado, macrófagos peritoneais de animais 129 tiveram atividade microbicida maior que os de 5-LO KO, quando a C.albicans foi pré incubada somente com meio de cultura
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.03.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BOLZONO, Rosane Maria Falasco; FACCIOLI, Lúcia Helena. Avaliação do papel dos leucotrienos na candidíase. 2006.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.
    • APA

      Bolzono, R. M. F., & Faccioli, L. H. (2006). Avaliação do papel dos leucotrienos na candidíase. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bolzono RMF, Faccioli LH. Avaliação do papel dos leucotrienos na candidíase. 2006 ;
    • Vancouver

      Bolzono RMF, Faccioli LH. Avaliação do papel dos leucotrienos na candidíase. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021