Exportar registro bibliográfico

Efeito de omissão de reforço em esquemas de intervalo fixo em animais com lesões seletivas do giro denteado hipocampal (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: FIGUEIREDO, TAIZA HELENA - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSE
  • Subjects: ESQUEMAS DE REFORÇO; TREINO DE OMISSÃO; REFORÇO DE INTERVALO FIXO; RATOS; MEMÓRIA ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: A omissão do reforço produz, em esquemas de intervalo fixo (IF), uma redução da pausa pós-reforço, ou tempo de espera, e um aumento na freqüência de respostas do intervalo subseqüente. A teoria das Múltiplas Escalas de Tempo (MTS) propõe que o Efeito de Omissão seja decorrente de um processo de interferência proativa (IP) do traço de memória do reforço sobre o traço de memória do não-reforço, quando esses são apresentados em um mesmo contexto. Lesões hipocampais extensas ou seletivas do giro denteado hipocampal (GD) eliminam a IP uma vez que prejudicam a capacidade de lembrança de eventos ocorridos há um curto período de tempo. O presente trabalho procurou verificar a hipótese do Efeito de Omissão como decorrente de IP. No experimento I, foram empregados dois grupos de ratos Wistar: grupo Lesado (LES), submetido a lesões das células do GD, e grupo Controle Operado (CO), submetido apenas ao procedimento cirúrgico. Foram realizadas sessões de treino e teste em uma tarefa de aprendizagem de local de reforço com duas práticas diárias em um labirinto em MAIS. As sessões de teste consistiram na redução do intervalo entre práticas, com o objetivo de aumentar a interferência da prática 1 sobre a prática 2. Os resultados mostraram desempenho semelhante entre os grupos nas sessões de treino e uma queda no desempenho do grupo CO durante a prática 2 das sessões de teste. No experimento II, dois grupos de ratos Wistar foram submetidos a esquemas de reforço em intervalofixo (IF) 30-s e 60-s em duas condições sucessivas: 100% e 50% de intervalos reforçados. Simultaneamente, todos os animais foram submetidos a duas práticas diárias de reforço em um labirinto em MAIS. Após a lesão do GD os animais foram submetidos novamente às condições 100 e 50% de 117 e a sessões de teste no labirinto, onde o intervalo entre práticas foi reduzido de 20 para 1 minuto. Os resultados mostraram que, após a lesão do GD, o grupo LES apresentou menor susceptibilidade aos efeitos de IP nas sessões de teste do labirinto em relação ao grupo CO e apresentou alterações no padrão comportamental durante a condição 100% da tarefa de IF. Não houve redução no efeito de omissão durante o treino pós-lesão para os dois grupos. Os resultados sugerem o envolvimento do GD hipocampal no processamento de informações temporais. Embora os resultados não apóiem a hipótese do efeito de omissão como decorrente da IP, estes se ajustam ao modelo MTS em alguns aspectos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.11.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FIGUEIREDO, Taíza Helena; BUENO, José Lino Oliveira. Efeito de omissão de reforço em esquemas de intervalo fixo em animais com lesões seletivas do giro denteado hipocampal. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.
    • APA

      Figueiredo, T. H., & Bueno, J. L. O. (2005). Efeito de omissão de reforço em esquemas de intervalo fixo em animais com lesões seletivas do giro denteado hipocampal. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Figueiredo TH, Bueno JLO. Efeito de omissão de reforço em esquemas de intervalo fixo em animais com lesões seletivas do giro denteado hipocampal. 2005 ;
    • Vancouver

      Figueiredo TH, Bueno JLO. Efeito de omissão de reforço em esquemas de intervalo fixo em animais com lesões seletivas do giro denteado hipocampal. 2005 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021