Exportar registro bibliográfico

A participação dos países em desenvolvimento no sistema multilateral de comércio (GATT/OMC-1947/2001) (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: SANTOS, SÉRGIO GIL MARQUES DOS - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLP
  • Subjects: COMÉRCIO INTERNACIONAL; PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO (ECONOMIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Esta presente tese atém-se ao tema do sistema comercial multilateral, materializado sucessivamente na proposta da Organização Internacional do Comércio (OIC), no Acordo Geral de Tarifas e Comércio (GATT) e na Organização Mundial do Comércio (OMC). Toma como objeto de análise a atuação dos países em desenvolvimento, em seu âmbito, empreendendo uma retrospectiva histórica, com o objetivo de compreender como esses países conseguiram fazer valer seus interesses, ou não, em um ambiente que não foi por eles criado. Para atingir o objetivo proposto, empreende a reconstituição da trajetória dos países em desenvolvimento desde a construção e abortamento da OIC, por um lado, e da estruturação - que seria provisória - e da consolidação do GATT e, posteriormente da OMC, até ao lançamento da Rodada Doha de Negociações Multilaterais ou Agenda de Doha para o Desenvolvimento, pelo exame da conformação de suas coalizões no cenário multilateral, visando a arrancar concessões do bloco dos países desenvolvidos. A questão principal que se coloca nesse trabalho consiste em discernir sobre a quais estratégias os países em desenvolvimento recorreram, visando a minimizar os impactos causados por regras que, em muitas vezes, não iam ao encontro de seus interesses e necessidades. Ou, em termos gerais, como países não-dominantes no cenário internacional conseguiram mobilizar outros atores e formar alianças, no âmbito de negociações multilaterais comerciais? Ainda, resgata a articulação dessespaíses e suas propostas alternativas ao GATT no âmbito do cenário econômico multilateral, por meio da formação do Movimento dos Não Alinhados, do Grupo dos 77 e elaboração da proposta da Nova Ordem Econômica Internacional nas décadas de 1960 e 1970. Conclui pela validade da argumentação segundo a qual coalizões reforçam o poder de barganha, e o consenso constitui ) elemento de fortalecimento da posição desses países, tornando-se, igualmente, importante fator de negociação para o prosseguimento da liberalização do comércio mundial
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 07.04.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Sérgio Gil Marques dos; BALBACHEVSKY, Elizabeth. A participação dos países em desenvolvimento no sistema multilateral de comércio (GATT/OMC-1947/2001). 2006.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.
    • APA

      Santos, S. G. M. dos, & Balbachevsky, E. (2006). A participação dos países em desenvolvimento no sistema multilateral de comércio (GATT/OMC-1947/2001). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Santos SGM dos, Balbachevsky E. A participação dos países em desenvolvimento no sistema multilateral de comércio (GATT/OMC-1947/2001). 2006 ;
    • Vancouver

      Santos SGM dos, Balbachevsky E. A participação dos países em desenvolvimento no sistema multilateral de comércio (GATT/OMC-1947/2001). 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021