Exportar registro bibliográfico

Diversidade e frugivoria de morcegos filostomídeos (Chiroptera, Phyllostomidae) em habitats secundários e plantios de Pinus spp., no município de Anhembi - SP (2006)

  • Authors:
  • Autor USP: TAVOLONI, PATRICIA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCF
  • Subjects: ANIMAIS FRUGÍVOROS; CONSERVAÇÃO BIOLÓGICA; DIETA ANIMAL; ECOLOGIA FLORESTAL; MORCEGOS; PINHEIRO; SEMENTES (DISPERSÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: Na região neotropical, a família Phyllostomidae é a mais diversa, em espécies e hábitos alimentares, interagindo com diversas espécies animais e vegetais, sendo apontados na literatura como cruciais para a dinâmica de florestas tropicais, por serem os principais dispersores de sementes de muitas plantas pioneiras nesta região. Este trabalho buscou investigar aspectos estruturais das assembléias de morcegos filostomídeos, e a dieta frugívora em três diferentes ambientes da Estação Experimental de Ciências Florestais de Anhembi: talhões de Pinus spp. com sub-bosque; capoeira em estágio inicial de regeneração; e fragmento de floresta estacional semidecídua em estágio médio de regeneração. As coletas foram realizadas, com 8 redes-de-neblina, uma noite por mês em cada ambiente, durante o período de julho de 2004 a junho de 2005, totalizando 1728 horas-rede. Foram realizadas 160 capturas (29 recapturas) de 8 espécies: Micronycteris megalotis, Carollia perspicillata; Glossophaga soricina; Artibeus fimbriatus; Artibeus lituratus; Platyrrhinus lineatus; Sturnira lilium; Desmodus rotundus. A assembléia de morcegos filostomídeos da EECFA segue o padrão encontrado em outros trabalhos realizados em áreas alteradas na região sudeste, apresentando espécies associadas a fisionomias de áreas secundárias e ambientes antropizados; tendo as espécies frugívoras Carollia perspicillata, Sturnira lilium, e Artibeus lituratus como as mais abundantes, correspondendo a cercade 80% do total das capturas. C. perspicillata apresentou-se como dominante nos plantios de Pinus spp.; A. lituratus no fragmento florestal e S. lilium na capoeira. Os plantios de Pinus registraram maior freqüência de capturas (45%), seguidos pelo fragmento florestal (38%) e a capoeira (17%), entretanto, apresentaram menor índice de diversidade, seguido pela capoeira e pelo fragmento As observações fenológicas das plantas quiropterocóricas estudadas na EECFA, indicaram que a oferta de frutos é constante ao longo do ano, não demonstrando correlações com a variável precipitação. As análises sobre os hábitos alimentares foram realizadas para as três espécies mais abundantes. Foi registrada a utilização de 13 espécies de plantas pertencentes a 4 famílias: Cecropiaceae, Moraceae, Piperaceae e Solanaceae. A freqüência de ocorrência dos itens alimentares apresentou variação estatística altamente significativa (?2; p<0,001). O gênero Piper, representado por cinco espécies, obteve maior freqüência de ocorrência total, com aproximadamente 70,0% (n=76), destacando-se na dieta de C. perspicillata (91%) e S. lilium (62%). Sementes de Ficus spp. obteve freqüência de ocorrência de 19% (n=21) e foi a mais abundante nas fezes de A. lituratus (75%). Cecropia spp. e Solanum spp. estavam presentes em 15% (n=16) e 10% (n=11) das amostras coletadas, respectivamente. As espécies estudadas apresentaram valores baixos de amplitudes alimentar e de sobreposiçãode nicho entre as espécies, mostrando a existência de uma divisão de recursos alimentares, exceto entre as espécies C. perspicillata e S. lilium, que obtiveram valores elevados de sobreposição de nicho, indicando que outros fatores podem estar atuando na divisão destes recursos, como diferenças nos padrões de forrageamento ou mesmo a grande abundância de frutos de Piperaceaes na área
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.01.2006

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TAVOLONI, Patrícia; ALMEIDA, Álvaro Fernando de. Diversidade e frugivoria de morcegos filostomídeos (Chiroptera, Phyllostomidae) em habitats secundários e plantios de Pinus spp., no município de Anhembi - SP. 2006.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2006.
    • APA

      Tavoloni, P., & Almeida, Á. F. de. (2006). Diversidade e frugivoria de morcegos filostomídeos (Chiroptera, Phyllostomidae) em habitats secundários e plantios de Pinus spp., no município de Anhembi - SP. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Tavoloni P, Almeida ÁF de. Diversidade e frugivoria de morcegos filostomídeos (Chiroptera, Phyllostomidae) em habitats secundários e plantios de Pinus spp., no município de Anhembi - SP. 2006 ;
    • Vancouver

      Tavoloni P, Almeida ÁF de. Diversidade e frugivoria de morcegos filostomídeos (Chiroptera, Phyllostomidae) em habitats secundários e plantios de Pinus spp., no município de Anhembi - SP. 2006 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021