Exportar registro bibliográfico

Alguns aspectos da marfologia da musculatura caudal e da reação de defesa de Potamotrygon henlei e Potamotrygon motoro (Elasmobranchii, Myliobatiformes, Potamortrygonidae) (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: RIGONATTI, PAULO GUILHERME - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: CHONDRICHTHYES; MÚSCULOS; RAIAS
  • Language: Português
  • Abstract: As rais fluviais sulamericanas Myliobatiformes, Potamortrygonidae são conhecidas como as responsáveis por um grande número de acidentes causados por animais silvestres aquáticos às populações ribeirinhas das regiões Centro-Oeste e norte do Basil. No entanto, são organismos pouco estudados sob os diferentes aspectos da biologia.Estudou-se morfologia macroscópica e mesoscópica da musculatura caudal de 10 espécimes de Potamotrygon motoro e 10 de P. henlei e o comportamento de defesa de 29 exemplares, sendo 16 de P. motoro e 13 de P. henlei.Os exemplares foram coletados no rio Javaés nos limites do Parque Nacional d Araguaia, Estado do Tocantins. Os espécimes destinados ás análises anatômicas foram fixadas em soluções de formalina 4%. Os exemplares destinados aos estudos de reação de defesa foram matidos vivos e os experimentos realizados em tanque confinado de 80 litros no local da coleta. O disco corpóreo dos espécimes foi dividaido em 9 setores onde foram estimulados para observação das reações. A musculatura da região caudal é formada por três grupos musculares pareados, denominados, segundo sua posição na cauda, por: musculatura caudal dorso-lateral sinistra e destra; musculatura caudal látero-dorsal sinistra e destra; musculatura caudal lateral sinistra e destra;musculatura caudal látero-ventral sinistra e destra; musculatura caudal ventro-lateral sinistra e destra. Calcularam-se os índices de posição do espinho caudal e o de robustez muscular para as duasespécies utilizando-se como variável independente o comprimento da cauda e a largura máxima do disco.Os dados obtidos foram comparados utilizando-se os teste T de Student. Houve diferença significativa apenas para a comparação do índice de posição do esporão, entre P.henlei e P. motoro, calculado utilizando-se como variável independente a largura máxima do disco, evidenciando que a posição do espinho difere de forma significativa entre essas duas espécies. As reações observadas mostram que 57% das reações foram de fuga, 31% de ataque, 10% das reações ocorreram antes de se aplicar o estímulo, sendo classificada como reação visual e em 2% dos casos os espécimes mantiveram-se imóveis. Ao estimularem-se os diferentes setores do corpo observou-se que houve reação de fuga em 41% das vezes nos setores, crânio-laterais e cranial do disco; 34% nos setores medianos-laterais e mediano; e 25% nos setores caudo-laterais e caudal do disco.Do total das reações de ataque 62% ocorreram nos setores caudo-laterais e caudal; 38% nos setores medianos-laterais e mediano; 0% nas regiões cranial e látero-craniais. Do total das reações de fuga visuais 96% e 4% ocorreram. respectivamente, na região cranial e medianas laterais. Por fim a reação manter-se imóvel ocorreu 83% das vezes no setor mediano e 17% no cranial. Com base nesses dados podemos dizer que as reações de ataque ocorreram preferencialmente quando o animal não vê que algo está para atingi-lo e quando o estímulo édado na parte caudal e mediana do corpo e a reação de fuga tem uma pequena prevalência de ocorer quando o estímulo é na parte cranial do disco, decaindo nas regiões caudais.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.12.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIGONATTI, Paulo Guilherme; SOUZA, Ana Maria de. Alguns aspectos da marfologia da musculatura caudal e da reação de defesa de Potamotrygon henlei e Potamotrygon motoro (Elasmobranchii, Myliobatiformes, Potamortrygonidae). 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.
    • APA

      Rigonatti, P. G., & Souza, A. M. de. (2005). Alguns aspectos da marfologia da musculatura caudal e da reação de defesa de Potamotrygon henlei e Potamotrygon motoro (Elasmobranchii, Myliobatiformes, Potamortrygonidae). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Rigonatti PG, Souza AM de. Alguns aspectos da marfologia da musculatura caudal e da reação de defesa de Potamotrygon henlei e Potamotrygon motoro (Elasmobranchii, Myliobatiformes, Potamortrygonidae). 2005 ;
    • Vancouver

      Rigonatti PG, Souza AM de. Alguns aspectos da marfologia da musculatura caudal e da reação de defesa de Potamotrygon henlei e Potamotrygon motoro (Elasmobranchii, Myliobatiformes, Potamortrygonidae). 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021