Exportar registro bibliográfico

Determinação de características morfológicas, imunoistoquímica e genética na diferenciação entre mola hidatiforme completa, mola hidatiforme parcial e aborto hidrópico (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: MAGGIORI, MARIANA SPIGIORIN - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RPA
  • Assunto: ANATOMIA PATOLÓGICA
  • Language: Português
  • Abstract: Dentre as perdas gestacionais do primeiro bimestre encontram-se três condições distintas, quer seja do ponto de vista histo e patogenético, quer seja prognóstico, cujo diagnóstico diferencial é usualmente fácil, mas ocasionalmente podem causar muitas dificuldades. São elas as molas hidatiformes, parcial e completa, e o aborto hidrópico. As duas primeiras fazem parte da chamada Doença Trofoblástica GestacionaI (DTG), enquanto a última é resultado da retenção placentária após a morte embrionária ou fetal. O objetivo do presente estudo foi identificar quais aspectos histopatológicos, imunoistoquímicos e genéticos, representado pela Hibridação in situ Cromossômica (CISH), são adequados para a distinção entre elas em casos de apresentação histológica duvidosa. Foram selecionados 10 casos de cada uma das três condições dos arquivos do HCFMRP-USP, submetidos à análise histológica em que se avaliou a presença ou ausência de hiperplasia trofoblástica, hipoplasia trofoblástica, pseudoinclusão trofoblástica, cisterna central e vasos sangüíneos intravilositários; a expressão imunoistoquímica de Fator VIII e p57kip2; bem como a ploidia através do método de CISH em cortes histológicos. A hiperplasia trofoblástica foi comum nas molas, sendo difusa nas MHC e focal nas MHP e nos AH. A hipoplasia trofoblástica esteve presente nas três condições, da mesma forma que as pseudoinclusões trofoblásticas e as cisternas centrais, apesar de terem intensidades diferentes.Os vasos sangüíneos foram vistos somente na MHP e AH, confirmados pela IH para Fator VIII, porém não em todos os casos. Quanto à expressão de p57kip2, nenhum dos casos de MHC apresentou acima de 50% de positividade, o oposto da MHP e AH. Com o método CISH, identificou-se que dos 20 casos de MHC e AH, 19 foram diplóides e apenas um caso, diagnosticado previamente como MHC, apresentou uma constituição genética triplóide, sendo reclassificado como MHP. Dos 10 casos continua) de MHP, 9 apresentaram um genótipo triplóide e um caso apresentou constituição diplóide que, associado aos achados morfológicos e imunoistoquímicos, foi reclassificado como AH. Nosso estudo demonstrou que nenhum critério histológico isolado foi suficiente para a distinção entre as três condições e que ambas expressão de p57kip2 e técnica de CISH foram essenciais na diferenciação entre as três condições, permitindo a reclassificação de dois casos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.12.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MAGGIORI, Mariana Spigiorin; PERES, Luiz César. Determinação de características morfológicas, imunoistoquímica e genética na diferenciação entre mola hidatiforme completa, mola hidatiforme parcial e aborto hidrópico. 2005.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2005.
    • APA

      Maggiori, M. S., & Peres, L. C. (2005). Determinação de características morfológicas, imunoistoquímica e genética na diferenciação entre mola hidatiforme completa, mola hidatiforme parcial e aborto hidrópico. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Maggiori MS, Peres LC. Determinação de características morfológicas, imunoistoquímica e genética na diferenciação entre mola hidatiforme completa, mola hidatiforme parcial e aborto hidrópico. 2005 ;
    • Vancouver

      Maggiori MS, Peres LC. Determinação de características morfológicas, imunoistoquímica e genética na diferenciação entre mola hidatiforme completa, mola hidatiforme parcial e aborto hidrópico. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021