Exportar registro bibliográfico

Utilização de fluídos no estado sub/supercrítico na polpação de Eucalyptus grandis e Pinus taeda (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated author: PIMENTA, MARIA TERESA BORGES - IQSC
  • School: IQSC
  • Subject: AMÔNIA
  • Language: Português
  • Abstract: A utilização de dióxido de carbono em condições sub e supercríticas (em associação com co-solventes) em processos de deslignificação/polpação já se encontra descrito na literatura especializada. Esta técnica se beneficia da elevada difusibilidade apresentada por fluidos no estado sub/supercrítico. Quando aplicada em processos de polpação, a utilização destes fluidos nestas condições pode proporcionar vantagens nas etapas de impregnação e de processamento dos efluentes gerados no processo.Visando aplicar o potencial da elevada difusibilidade apresentada pelo dióxido de carbono supercrítico, realizou-se o estudo comparativo do desempenho dos processos kraft, organossolve convencional e supercrítico frente à deslignificação de diferentes espécies (Eucalyptus grandis e Pinus taeda), empregando-se amostras de diferentes dimensões. O processo kraft se mostrou mais eficiente com o emprego de cavacos, enquanto que a utilização de dióxido de carbono supercrítico, com o uso de co-solvente etanol/água (processo SFE), foi mais eficiente com amostras de maiores dimensões (cubos de 3,5 x 3,5 x 4,0cm). Dentro dos intervalos considerados para as variáveis utilizadas nos diferentes processos de polpação, as polpas obtidas pelo processo SFE a partir de amostras de seção quadrada 3,5 x 3,5cm apresentaram maior conteúdo de holocelulose e maior alvura, evidenciando um elevado rendimento livre de lignina.Estudou-se também o uso de acetona/água e de dioxano/água comoco-solventes em processos realizados com dióxido de carbono no estado supercrítico. Os resultados obtidos foram comparados com estudos anteriores realizados com álcoois alifáticos e indicaram a maior efetividade do uso de dioxano/água e 1-propanol/água.Foram realizados também estudos empregando amônia como fluido (Contínua) (Contínuação) A utilização de dióxido de carbono em condições sub e supercríticas (em associação com co-solventes) em processos de deslignificação/polpação já se encontra descrito na literatura especializada. Esta técnica se beneficia da elevada difusibilidade apresentada por fluidos no estado sub/supercrítico. Quando aplicada em processos de polpação, a utilização destes fluidos nestas condições pode proporcionar vantagens nas etapas de impregnação e de processamento dos efluentes gerados no processo.Visando aplicar o potencial da elevada difusibilidade apresentada pelo dióxido de carbono supercrítico, realizou-se o estudo comparativo do desempenho dos processos kraft, organossolve convencional e supercrítico frente à deslignificação de diferentes espécies (Eucalyptus grandis e Pinus taeda), empregando-se amostras de diferentes dimensões. O processo kraft se mostrou mais eficiente com o emprego de cavacos, enquanto que a utilização de dióxido de carbono supercrítico, com o uso de co-solvente etanol/água (processo SFE), foi mais eficiente com amostras de maiores dimensões (cubos de 3,5 x 3,5 x 4,0cm). Dentro dos intervalosconsiderados para as variáveis utilizadas nos diferentes processos de polpação, as polpas obtidas pelo processo SFE a partir de amostras de seção quadrada 3,5 x 3,5cm apresentaram maior conteúdo de holocelulose e maior alvura, evidenciando um elevado rendimento livre de lignina.Estudou-se também o uso de acetona/água e de dioxano/água como co-solventes em processos realizados com dióxido de carbono no estado supercrítico. Os resultados obtidos foram comparados com estudos anteriores realizados com álcoois alifáticos e indicaram a maior efetividade do uso de dioxano/água e 1-propanol/água.Foram realizados também estudos empregando amônia como fluido
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2005
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PIMENTA, Maria Teresa Borges; CURVELO, Antônio Aprígio da Silva. Utilização de fluídos no estado sub/supercrítico na polpação de Eucalyptus grandis e Pinus taeda. 2005.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2005. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75131/tde-18042007-093604/ >.
    • APA

      Pimenta, M. T. B., & Curvelo, A. A. da S. (2005). Utilização de fluídos no estado sub/supercrítico na polpação de Eucalyptus grandis e Pinus taeda. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75131/tde-18042007-093604/
    • NLM

      Pimenta MTB, Curvelo AA da S. Utilização de fluídos no estado sub/supercrítico na polpação de Eucalyptus grandis e Pinus taeda [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75131/tde-18042007-093604/
    • Vancouver

      Pimenta MTB, Curvelo AA da S. Utilização de fluídos no estado sub/supercrítico na polpação de Eucalyptus grandis e Pinus taeda [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/75/75131/tde-18042007-093604/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020