Exportar registro bibliográfico

Polimorfismo S447X da lipase lipoprotéica: efeitos sobre a incidência de doença arterial coronária, lípides plasmáticos e sobre o metabolismo dos quilomícrons (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: ALMEIDA, KATIA APARECIDA DE - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: POLIMORFISMO (EFEITOS BIOLÓGICOS); LIPOPROTEÍNAS; LIPASE (EFEITOS BIOLÓGICOS); DOENÇAS CARDIOVASCULARES (ESTUDO CLÍNICO)
  • Language: Português
  • Abstract: A lipase lipoprotéica é a principal enzima responsável pela hidrólise dos triglicérides das lipoproteínas ricas em triglicérides, os quilomícrons e VLDL. A iTeqüência do polimorfismo S447X da lipase lipoproteíca na população varia de 17 a 22 'POR CENTO' e está associado a menores concentrações plasmáticas de triglicérides e proteção contra doença arterial coronária (DAC). Os objetivos desse estudo foram avaliar os efeitos desse polimorfismo sobre os lípides plasmáticos em controles e em pacientes com DAC prematura e verificar o comportamento metabólico dos quilomícrons em indivíduos saudáveis portadores desse poli morfi smo. Foram estudados 313 pacientes com DAC prematura e 150 indivíduos controle que foram genotipados para esse polimorfismo. Os lípides plasmáticos, colesterol total, frações e triglicérides foram determinados nesses pacientes. O metabolismo dos quilomícrons foi avaliado por uma injeção endovenosa de uma emulsão de quilomícrons artificiais com dupla marcação radioisotópica. A cinética plasmática dos triglicérides radioativos 'H ANTPOT.3'-Tg) avalia os mecanismos relacionados à lipólise: remoção da partícula parcialmente lipolisada e remoção dos ácidos graxos livres. A cinética plasmática do éster de colesterol radioativo e 'C ANTPOT.14'-CE) avalia a remoção das artículas dos quilomícrons e remanescentes. O metabolismo dos quilomícrons artificiais foi avaliado em 12 pacientes normolipidêmicos que apresentaram o polimorfismo S447X da lípaselipoprotéica e pareados com 13 indivíduos que não apresentavam esse polimorfismo e tinham a mesma idade e sexo. A frequência desse polimorfismo foi de 18 'POR CENTO' no grupo com DAC prematura e de 23 'POR CENTO' no grupo controle. No sexo masculino do grupo DAC a presença do polimorfismo foi associada a menores concentrações plasmáticas de triglicérides. As taxas fracionais de remoção do 'C ) ANTPOT.14'-CE da emulsão foram similares nos indivíduos com e sem o polimorfismo. Também não houve diferença nas taxas fracionais de remoção dos 'H ANTPOT.3'-Tg entre os indivíduos com e sem o polimorfismo. A presença do polimorfismo S447X não alterou o catabolismo intravascular dos quilomícrons avaliado pelo método de quilomícrons artificiais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.03.2005
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ALMEIDA, Kátia Aparecida de; MARANHÃO, Raul Cavalcante. Polimorfismo S447X da lipase lipoprotéica: efeitos sobre a incidência de doença arterial coronária, lípides plasmáticos e sobre o metabolismo dos quilomícrons. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-01092017-162431/pt-br.php >.
    • APA

      Almeida, K. A. de, & Maranhão, R. C. (2005). Polimorfismo S447X da lipase lipoprotéica: efeitos sobre a incidência de doença arterial coronária, lípides plasmáticos e sobre o metabolismo dos quilomícrons. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-01092017-162431/pt-br.php
    • NLM

      Almeida KA de, Maranhão RC. Polimorfismo S447X da lipase lipoprotéica: efeitos sobre a incidência de doença arterial coronária, lípides plasmáticos e sobre o metabolismo dos quilomícrons [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-01092017-162431/pt-br.php
    • Vancouver

      Almeida KA de, Maranhão RC. Polimorfismo S447X da lipase lipoprotéica: efeitos sobre a incidência de doença arterial coronária, lípides plasmáticos e sobre o metabolismo dos quilomícrons [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-01092017-162431/pt-br.php


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021