Exportar registro bibliográfico

Efeitos da aplicação de um fungicida na composição química da cera foliar epicuticular de Coffea Arabica L (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: LICHSTON, JULIANA ESPADA - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: FANERÓGAMAS; ANATOMIA VEGETAL; MORFOLOGIA VEGETAL
  • Language: Português
  • Abstract: A cera foliar epicuticular associada à cutícu1a, exerce importante papel na seleção de substâncias que entram pela superfície fo1iar e também na resistência à perda de água, além da prevenção de doenças, proteção contra a herbivoria e infestação de fungos. Vários são os relatos de que ambas, a cera foliar epicuticular e a cutícula podem sofrer alterações pela exposição a determinadas substâncias, incluindo defensivos agrícolas e poluentes do ar, trazendo como conseqüência a diminuição na eficiência de suas funções. Tendo em vista que tais funções podem predispor o vegetal à deficiência hídrica e à suscetibilidade a doenças e pragas, acarretando redução na produtividade agrícola, os estudos que analisam as relações entre a superfície fo1iar e as substâncias nela aplicadas, constituem um tema de grande interesse para várias áreas de pesquisa. Com tal intuito, o presente trabalho propõe verificar a influência da aplicação de um fungicida fo1iar, de uso corriqueiro em uma cultura de relevante importância econômica para o Brasil, a cultura cafeeira, na composição química da cera foliar epicuticular. Além disso, avalia se há relação entre as classes constituintes com a morfologia da cera foliar e a resistência da cultivar Obatã à ferrugem. Os dados mostram que a cera foliar epicuticular das duas cultivares analisadas Catuaí vermelho (suscetível à ferrugem) e Obatã (resistente) é pouco diversa, com o predomínio de três classes constituintes: alcanos (78-87%), terpenóides(10-19%) e álcoois primários raramente ultrapassando 1%. A aplicação do fungicida altera estas proporções causando uma significativa diminuição do teor da cera epicuticular, aumento na proporção de terpenóides e diminuição no teor de alcanos. Os testes in vitro (germinação de uredosporos) e in vivo (proliferação de pústulas) com diferentes concentrações de terpenóides extraídos das cultivares analisadas, comprovam a ação inibitória da germinação de uredosporos e diminuição da infestação pelo fungo causador da ferrugem Hemileia vastatrix. Atestam as diferenças na concentração de terpenóides entre as cultivares, mostrando que essas concentrações constituem um diferencial para a resistência da cultivar Obatã à ferrugem. O maior teor de cera epicuticular na face foliar abaxial de Obatã, aliado a maior proporção de terpenóides, pode ser o resultado de vários processos bioquímicos nos níveis celular e molecular, gerando modificações fisiológicas e estruturais na planta hospedeira, proporcionando ao vegetal uma eficaz barreira físico-química à instalação do fungo Hemileia vastatrix. Os dados dão um forte suporte para a existência de uma relação entre a morfologia e a composição química da cera foliar epicuticular para Coffea arabica. Catuaí vermelho e Obatã (grupos controle) apresentar cera do tipo filme com a presença de cristais arranjados em rosetas. Com o passar do tempo, a morfologia foi alterada pela ausência de cristais da segunda para aterceira coleta, aspecto potencializado pela aplicação do fungicida. As mudanças coincidem com as alterações nas proporções das frações de terpenóides (aumenta e configura cera do tipo filme) e alcanos (diminui e está relacionada à formação de cristais).Os resultados contribuem para o entendimento do papel da cera foliar epicuticular nas cultivares analisadas. Apresentam evidências do comportamento diferencial deste importante componene da superfície foliar, entre as cultivares, sob a ação do fungicida e como uma barreira eficiente na proteção conferida pelos terpenóides contra a ação do fungo Hemileia vastatrix, causador da ferrugem
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.10.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LICHSTON, Juliana Espada; GODOY, Silvana Aparecida Pires de. Efeitos da aplicação de um fungicida na composição química da cera foliar epicuticular de Coffea Arabica L. 2005.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2005.
    • APA

      Lichston, J. E., & Godoy, S. A. P. de. (2005). Efeitos da aplicação de um fungicida na composição química da cera foliar epicuticular de Coffea Arabica L. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Lichston JE, Godoy SAP de. Efeitos da aplicação de um fungicida na composição química da cera foliar epicuticular de Coffea Arabica L. 2005 ;
    • Vancouver

      Lichston JE, Godoy SAP de. Efeitos da aplicação de um fungicida na composição química da cera foliar epicuticular de Coffea Arabica L. 2005 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021