Exportar registro bibliográfico

Variação na composição isotópica do metano (CH4) em sedimentos de igarapés na Amazônia Oriental (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: MOURA, JOSÉ MAURO SOUSA DE - ECOLOGIA APLICA
  • Unidade: ECOLOGIA APLICA
  • Sigla do Departamento: LCB
  • Subjects: COMPOSIÇÃO ISOTÓPICA; EFEITO ESTUFA; RIOS; COMBUSTÍVEIS GASOSOS; SEDIMENTOLOGIA; VÁRZEAS; AMAZÔNIA ORIENTAL
  • Language: Português
  • Abstract: Já no igarapé de várzea, os valores médios para esses mesmos parâmetros foram -23‰, 1,0%, 0,1% e 9,0, respectivamente. O 13CH4 variou sazonalmente e espacialmente entre os ecossistemas estudados, esta variação está provavelmente associada às mudanças: 1) nas fontes de MO (plantas C3 e C4); 2) nos processos de fracionamento durante a decomposição dessa MO; 3) nos mecanismos de oxidação do CH4 e 4) nas condições ambientais de cada sítio. Os igarapés de várzea, nos quais o CH4 tende a ficar enriquecido em 13C durante a estação seca, apresentaram valores maiores de 13CH4 em relação ao igarapé de terra-firme, variando entre -58‰ e -55‰? no igarapé Açu e entre -59‰ e -52‰ no igarapé Maicá. O igarapé Jamaraquá apresentou a maior variação sazonal, com valores entre -62‰ e -74‰, tendendo a ficar mais empobrecido em 13C durante a estação seca.O estudo da composição isotópica de metano ( 13CH4) fornece valiosa informação para o entendimento dos processos de produção, emissão e ciclagem desse gás nos ecossistemas. Neste trabalho, foram analisadas a concentração e as variações da composição isotópica do metano presente em bolhas de gás formadas no sedimento de igarapés. A composição isotópica da matéria orgânica (MO) presente na vegetação circundante, no solo (0-5 cm) das margens destes igarapés e no sedimento de fundo (em perfis), também foi analisada. Os sítios estudados foram dois igarapés de várzea (Açu e Maicá) e outro de terra-firme (Jamaraquá), localizados próximo às cidades de Santarém-PA e Belterra-PA, na Amazônia Oriental. A concentração de CH4 no igarapé Jamaraquá (44,9±2,0%) foi significativamente menor que a concentração encontrada nos igarapés Maicá (59,8%±13,2%) e Açu (76,5±16,6%). O conteúdo de C, conteúdo de N e razão C:N do material depositado nas margens foram maiores no igarapé de terra-firme (C= 16,0%, N= 1,1% e C:N= 14.7) em relação ao igarapé de várzea (C= 1,8%, N= 0,2% e C:N= 10,4). O valor médio de 13C da MO foi menor no igarapé de terra-firme (-29,6‰) que no igarapé de várzea (-26,5‰). De modo similar, os perfis de sedimento no igarapé de terra-firme apresentaram maiores quantidades de MO que os de várzea. Os valores médios para o 13C, conteúdo de C, conteúdo N e razão C:N na terra-firme foram -29‰, 10,9%, 0,6% e 16,4, respectivamente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.11.2005
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOURA, José Mauro Sousa de; MOREIRA, Marcelo Zacharias. Variação na composição isotópica do metano (CH4) em sedimentos de igarapés na Amazônia Oriental. 2005.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2005. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-30012006-154710/ >.
    • APA

      Moura, J. M. S. de, & Moreira, M. Z. (2005). Variação na composição isotópica do metano (CH4) em sedimentos de igarapés na Amazônia Oriental. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-30012006-154710/
    • NLM

      Moura JMS de, Moreira MZ. Variação na composição isotópica do metano (CH4) em sedimentos de igarapés na Amazônia Oriental [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-30012006-154710/
    • Vancouver

      Moura JMS de, Moreira MZ. Variação na composição isotópica do metano (CH4) em sedimentos de igarapés na Amazônia Oriental [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/91/91131/tde-30012006-154710/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021