Exportar registro bibliográfico

Análise das estratégias de troca de marchas da transmissão automática convencional em comparação com a transmissão de dupla embreagem (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: AMENDOLA, CESAR HENRIQUE FERREIRA - EP
  • Unidade: EP
  • Sigla do Departamento: PME
  • Subjects: VEÍCULOS RODOVIÁRIOS; ENGENHARIA AUTOMOTIVA; TRANSMISSÕES AUTOMÁTICAS
  • Language: Português
  • Abstract: Dos diversos tipos de transmissões para veículos de passageiros existentes, dois deles encontram-se em posição antagônica na história do desenvolvimento do automóvel. Por um lado a transmissão automática convencional, de acionamento e atuação hidráulicos, possui mais de 60 anos de desenvolvimento e utilização no mercado. Apesar disso, observa-se nos últimos anos um crescimento em sua demanda e um movimento para o seu aperfeiçoamento, visando maior conforto, menor consumo de combustível e atender as rígidas imposições de emissões de gases poluentes. Por outro lado, a transmissão de dupla embreagem encontra-se em pleno desenvolvimento. Embora ainda existam poucas aplicações no mercado, acredita-se que este tipo de automatização da transmissão mecânica convencional deva suprir as vantagens apresentadas pela transmissão automática convencional sem com isso apresentar suas desvantagens. Os sistemas em estudo nesta investigação possuem modos de funcionamento bastante distintos, a começar pelos componentes utilizados. A transmissão automática é dotada de conversor de torque, engrenagens planetárias e embreagens multi-discos, enquanto a transmissão de dupla embreagem é formada por engrenagens convencionais distribuídas de uma forma peculiar, onde uma embreagem serve as marchas ímpares e a outra embreagem as marchas pares, ambas com acionamento por meio de um atuador eletro-hidráulico, sendo as marchas selecionadas através de motores elétricos. O aprimoramento de uma e odesenvolvimento de ambas é factível devido ao desenvolvimento da microeletrônica que permitiu a implantação de estratégias de controle mais avançadas. Este trabalho dá ênfase ao comportamento das transmissões em trocas de marcha ascendentes. Este trabalho procurou estabelecer um paralelo entre os dois sistemas de transmissão. ) Primeiramente caracterizado detalhadamente cada sistema individualmente e posteriormente comparando as respostas quanto ao funcionamento em áreas específicas de transmissão de torque. Para realização desta comparação elaborou-se um índice intitulado de razão de forças, que estabelece um critério de avaliação baseado na razão entre a força trativa máxima, ou ideal transferida as rodas e a força trativa real, ou seja, aquele efetivamente disponível na roda. Os resultados obtidos apontam para trocas confortáveis e de comportamento dinâmico semelhante. No entanto, por a transmissão de dupla embreagem utilizada tratar-se de um protótipo no início da fase de calibração, existe um potencial de melhoria significativo. A automatização na indústria automobilística, seja em processos ou em produtos, é uma necessidade devido ao concorrido mercado e a rígidas imposições legais. A automatização de transmissões visa gerar um diferencial capaz de atender ambas as necessidades, permitindo ao consumidor mais uma opção de escolha, o que pode ser traduzido em vantagem competitiva
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.10.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      AMENDOLA, Cesar Henrique Ferreira; ALVES, Marcelo Augusto Leal. Análise das estratégias de troca de marchas da transmissão automática convencional em comparação com a transmissão de dupla embreagem. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.
    • APA

      Amendola, C. H. F., & Alves, M. A. L. (2005). Análise das estratégias de troca de marchas da transmissão automática convencional em comparação com a transmissão de dupla embreagem. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Amendola CHF, Alves MAL. Análise das estratégias de troca de marchas da transmissão automática convencional em comparação com a transmissão de dupla embreagem. 2005 ;
    • Vancouver

      Amendola CHF, Alves MAL. Análise das estratégias de troca de marchas da transmissão automática convencional em comparação com a transmissão de dupla embreagem. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020