Exportar registro bibliográfico

O desenho da figura humana em adolescentes portadores de diabetes Mellitus em comparação com adolescentes sadios (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: BALLAS, YAEL GOTLIEB - IP
  • Unidade: IP
  • Sigla do Departamento: PSA
  • Subjects: DESENHO DE FIGURAS HUMANAS; INVENTÁRIO DE ANSIEDADE TRAÇO-ESTADO; ADOLESCÊNCIA; DIABETES MELLITUS
  • Language: Português
  • Abstract: A adolescência é um período de intensas transformações corporais, tanto em termos biológicos quanto subjetivos e, somando-se a ela uma doença como o Diabetes Mellitus, que resulta em muitas restrições, esta época tende a ficar ainda mais conflituosa. Partiu-se da hipótese de que os adolescentes portadores de diabetes apresentariam características singulares em seu esquema corporal, exatamente pelas implicações da doença e teriam níveis mais altos de ansiedade quando comparados aos adolescentes sadios. Para investigar estas diferenças foram aplicados o Inventário de Ansiedade Traço-Estado (MATE), o Desenho da Figura Humana e um desenho temático, o Desenho da Pessoa Portadora de Diabetes. A amostra foi composta por 62 sujeitos com idades entre 14 e 20 anos. Os grupos experimental e controle foram compostos de 18 adolescentes do sexo feminino e 13 do masculino. Os adolescentes do grupo controle foram pareados por sexo, idade e nível sócio-econômico e não apresentavam nenhuma doença crônica. Os instrumentos foram aplicados individualmente. 0 Inventário de Ansiedade Traço-Estado foi avaliado conforme as normas estabelecidas por seus autores e os Desenhos da Figura Humana e da Pessoa Portadora de Diabetes foram analisados através da sistematização proposta por Machover (1949) e adaptada por Lourenção van Koick (1984). A análise estatística foi feita para detectar possíveis diferenças entre os grupos, por meio do teste de associação (quiquadrado de Pearson),teste de "t", teste não paramétrico de McNemar. 0 nível de significância adotado foi de 5%. Não foram detectadas diferenças significantes no IDATE, nem entre os grupos experimental e controle, nem entre os sexos. Em relação aos desenhos, houve diferenças estatisticamente significantes em alguns itens. Concluiu-se que os adolescentes portadores de diabetes não são diferentes dos adolescentes sadios no que diz respeito à presença de ansiedade, mas mostram algumas diferenças nos desenhos. Observou-se que os adolescentes portadores de diabetes apresentaram algumas características particulares de personalidade como efeito da presença da doença
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.08.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BALLAS, Yael Gotlieb; ALVES, Iraí Cristina Boccato. O desenho da figura humana em adolescentes portadores de diabetes Mellitus em comparação com adolescentes sadios. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.
    • APA

      Ballas, Y. G., & Alves, I. C. B. (2005). O desenho da figura humana em adolescentes portadores de diabetes Mellitus em comparação com adolescentes sadios. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Ballas YG, Alves ICB. O desenho da figura humana em adolescentes portadores de diabetes Mellitus em comparação com adolescentes sadios. 2005 ;
    • Vancouver

      Ballas YG, Alves ICB. O desenho da figura humana em adolescentes portadores de diabetes Mellitus em comparação com adolescentes sadios. 2005 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021