Exportar registro bibliográfico

Métodos subsidiários para o diagnóstico da LTA: comparação dos resultados do seqüenciamento de DNA e da PCR-RFLP para determinação da espécie de Leishmania em amostras cutâneo-mucosas (Janeiro de 1993 a Junho de 2004) (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: GARCIA, FLAVIO CATARINO BARBOSA - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: LEISHMANIOSE CUTÂNEA; EPIDEMIOLOGIA ANALÍTICA
  • Language: Português
  • Abstract: A Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) é uma doença zooparasitária, endêmica no Brasil, sendo que sua incidência tem mostrado aumento progressivo nos últimos anos. O objetivo deste trabalho foi comparar os resultados dos exames subsidiários entre si e com dados demográficos e epidemiológicos, com ênfase nos exames de PCR, sequenciamento e PCR-RFLP em 152 amostras cutâneas de pacientes com LTA atendidos no HC-FMRP-USP, no período de 1993 a junho de 2004. O sexo predominante foi o masculino, com 75% dos casos, a cor branca (80%) e ocupação profissional urbana (48%). A idade variou de 3 a 77 anos, com predomínio de 21 a 50 anos (56,5%). Em relação à procedência, 65,8% eram do Estado de São Paulo, sendo a forma cutânea (79,6%) a mais encontrada. A intradermorreação de Montenegro (IRM) apresentou positividade em 73,4% e o exame histopatológico (BX) evidenciou a presença de leishmanias em 30,6% das amostras, enquanto que a reação de imunofluorescência indireta (RIFI) apresentou 59,7% de positividade. A PCR foi positiva em 81,6% e a PCR-RFLP identificou L. braziliensis (66%) como espécie predominante, fato que também ocorreu com o sequenciamento, com 64,4% das amostras positivas para L. braziliensis. Quando comparamos os resultados dos exames entre si, a PCR foi o melhor método na detecção da doença, ficando a BX com os menores valores de detecção, porém não houve significância estatística entre a IRM e a PCR. Na comparação entre a PCR-RFLP e osequenciamento, encontrou-se 61% de concordância entre os resultados. Concluímos que a IRM e a PCR são estatisticamente equivalentes como métodos subsidiários para o diagnóstico da LTA, e que a PCR-RFLP e o sequenciamento são equivalentes e eficazes na identificação das espécies de leishmania
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.05.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GARCIA, Flávio Catarino Barbosa; ROSELINO, Ana Maria Ferreira. Métodos subsidiários para o diagnóstico da LTA: comparação dos resultados do seqüenciamento de DNA e da PCR-RFLP para determinação da espécie de Leishmania em amostras cutâneo-mucosas (Janeiro de 1993 a Junho de 2004). 2005.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2005.
    • APA

      Garcia, F. C. B., & Roselino, A. M. F. (2005). Métodos subsidiários para o diagnóstico da LTA: comparação dos resultados do seqüenciamento de DNA e da PCR-RFLP para determinação da espécie de Leishmania em amostras cutâneo-mucosas (Janeiro de 1993 a Junho de 2004). Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Garcia FCB, Roselino AMF. Métodos subsidiários para o diagnóstico da LTA: comparação dos resultados do seqüenciamento de DNA e da PCR-RFLP para determinação da espécie de Leishmania em amostras cutâneo-mucosas (Janeiro de 1993 a Junho de 2004). 2005 ;
    • Vancouver

      Garcia FCB, Roselino AMF. Métodos subsidiários para o diagnóstico da LTA: comparação dos resultados do seqüenciamento de DNA e da PCR-RFLP para determinação da espécie de Leishmania em amostras cutâneo-mucosas (Janeiro de 1993 a Junho de 2004). 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021