Exportar registro bibliográfico

Funcionalidade e envelhecimento: um retrato dos idosos do Município de São Paulo. (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: ANDRADE, CLAUDIA LARANJEIRA DE - EE
  • Unidade: EE
  • Sigla do Departamento: ENC
  • Subjects: IDOSOS; ENVELHECIMENTO; ENFERMAGEM GERIÁTRICA
  • Language: Português
  • Abstract: O envelhecimento populacional, representado pela proporção de idosos de uma população é, atualmente, um grande desafio que afeta tanto os países ricos quanto os pobres. Estima-se que, a cada mês, em todo o mundo, cerca de um milhão de pessoas cruzem a barreira dos 60 anos de idade, e que, em 2050, deverão existir no mundo dois bilhões de idosos, dos quais dois terços estarão nos países em desenvolvimento. Em 1950, eram cerca de 204 milhões de idosos no mundo. Já em 1998, quase cinco décadas depois, este contingente alcançava 579 milhões de pessoas; um crescimento de cerca de oito milhões de idosos ao ano. Verifica-se que esse crescimento da população idosa em números absolutos e relativos está ocorrendo em nível sem precedentes, tornando-se um dos maiores desafios em termos de políticas públicas em virtude das demandas de saúde, sociais e econômicas que gerará. Com o intuito de clarificar as demandas de saúde que poderão emergir de uma população que se tornou rapidamente idosa, foi desenvolvido pela Organização Pan-Americana de Saúde, um estudo multicêntrico denominado SABE, envolvendo sete países da América Latina e Caribe. No Brasil, ele foi desenvolvido na região urbana do Município de São Paulo, em 2000. A amostra de 2.143 idosos foi composta por duas partes, uma probabilística e outra intencional. Foi aplicado um instrumento único, padronizado para todos os países envolvidos, composto por onze seções. O presente estudo teve por objetivos;caracterizar, segundo o Index de Independência nas Atividades de Vida Diária proposto por Sidney Katz, (1963), o perfil de funcionalidade dos idosos,segundo características sócio-demográficas, condição de saúde e rede de suporte social; bem como, identificar a rede de apoio existente referente aos idosos que apresentarem dependência (parcial ou total). Num primeiro momento a amostra total de idosos foi classificada segundo seu grau de independência funcional ) proposto pelo Index de Katz.Para tanto, foram utilizadas as questões que abrangiam Estado Funcional e de Saúde: dificuldade de movimentação (D11), dificuldade para vestir-se (D.13a), dificuldade para banhar-se (D.14a), dificuldade para comer (D.15a), dificuldade para deitar ou levantar da cama (D.16a), dificuldade para ir ao banheiro (D.17a) e continência (C.12).Os dados obtidos foram classificados na referida escala. A partir dessa primeira classificação, os idosos foram reagrupados segundo seu nível de desempenho funcional conforme proposto por Rubenstein e col.(1984). A maioria dos idosos vivia acompanhada e não precisaram de ajuda para responder o questionário. Com base nesse reagrupamento feito a partir da classificação de Katz, foram selecionadas as questões dos blocos temáticos do questionário base que caracterizassem os idosos do estudo e que foram consideradas pertinentes em Independente, Parcialmente dependente e Totalmente dependente, com base na literatura. Essas variáveisforam agrupadas e submetidas à análise múltipla de forma a constituir o modelo do estudo. Os resultados mostraram-se coincidentes com a literatura sobre dependência e independência e fatores de preditivos de imobilidade. Espera-se que os resultados desse estudo possam contribuir para a adoção de medidas preventivas que visem à diminuição dos riscos relacionados às incapacidades resultantes de imobilidade, déficit cognitivo e incapacidade funcional dos idosos. Bem como estimular políticas públicas de atenção a essa camada da população e à enfermagem gerontológica para desenvolver medidas significantes para a melhoria do cuidado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.08.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ANDRADE, Claúdia Laranjeira de; DUARTE, Yeda Aparecida de Oliveira. Funcionalidade e envelhecimento: um retrato dos idosos do Município de São Paulo.. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.
    • APA

      Andrade, C. L. de, & Duarte, Y. A. de O. (2005). Funcionalidade e envelhecimento: um retrato dos idosos do Município de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Andrade CL de, Duarte YA de O. Funcionalidade e envelhecimento: um retrato dos idosos do Município de São Paulo. 2005 ;
    • Vancouver

      Andrade CL de, Duarte YA de O. Funcionalidade e envelhecimento: um retrato dos idosos do Município de São Paulo. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021