Exportar registro bibliográfico

Efeito do fotoperíodo na detecção do estro em fêmeas bovinas Nelore (Bos taurus indicus) e cruzadas Red Angus x Nelore e Limousin x Nelore (Bos taurus taurus x Bos taurus indicus) manejadas em diferentes regiões do Brasil (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: LOUREIRO, PAULO EDUARDO FONSECA - FZEA
  • Unidade: FZEA
  • Sigla do Departamento: ZAZ
  • Subjects: BOVINOS DE CORTE; REPRODUÇÃO ANIMAL; ESTRO ANIMAL; CRUZAMENTO ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: A técnica de Inseminação Artificial (IA) está em franco crescimento em rebanhos de bovinos de corte em todas as regiões do Brasil e é a mais utilizada para obter indivíduos cruzados (Bos t. Taurus x Bos t. Indicus) pela facilidade de implantação nos grandes rebanhos de fêmeas em idade reprodutiva, aliada ao problema da baixa produção de touros taurinos adaptados ao nosso clima. Um dos grandes entraves para o sucesso em um programa de inseminação é a eficiência na detecção do estro. As dificuldades encontradas em outros países têm sido dirimidas através do estudo comportamental das matrizes. A pecuária de corte está espalhada por todo o território brasileiro, mas possui maiores concentrações nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Norte, com importantes diferenças climáticas, como a variação na duração dos dias (fotoperíodo), a sazonalidade pluviométrica, e a própria temperatura do ar, que podem alterar o comportamento sexual das matrizes. Neste sentido o presente trabalho utilizou a monitoração dos períodos de observação de estro em quatro fazendas localizadas no Norte e no Centro Oeste do Brasil, que fazem o uso da técnica da inseminação artificial, para compreender o efeito do fotoperiodo sobre o estro. Foram detectadas 4202 ocorrências de estro em 3358 fêmeas Nelore, 662 fêmeas cruzadas Limousin x Nelore, e 182 fêmeas cruzadas Red Angus x Nelore, submetidas ao mesmo manejo de detecção. A duração média do dia foi de 730,3, 750,8, 771,0 e 795,6 minutos,respectivamente nas fazendas 1 (Pará), 2 (Tocantins), 3 (Goiás) e 4 (Mato Grosso do Sul). Quanto maior a duração do dia mais estros foram detectados pela manhã. Houve diferenças entre as categorias de fêmeas quanto à ocorrência de estro, ficando concentradas as ocorrências de estro das novilhas no período matinal em todas as fazendas e em todos os grupos genéticos. Não houve diferença estatística entre os grupos genéticos dentro das categorias. As ) vacas solteiras comportaram-se de forma similar as novilhas não havendo diferenças estatísticas na detecção do estro. As vacas paridas tenderam de forma geral a manifestar estro no período da tarde
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.06.2005
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LOUREIRO, Paulo Eduardo Fonseca; TITTO, Evaldo Antônio Lencioni. Efeito do fotoperíodo na detecção do estro em fêmeas bovinas Nelore (Bos taurus indicus) e cruzadas Red Angus x Nelore e Limousin x Nelore (Bos taurus taurus x Bos taurus indicus) manejadas em diferentes regiões do Brasil. 2005.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2005. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-18102006-153309/ >.
    • APA

      Loureiro, P. E. F., & Titto, E. A. L. (2005). Efeito do fotoperíodo na detecção do estro em fêmeas bovinas Nelore (Bos taurus indicus) e cruzadas Red Angus x Nelore e Limousin x Nelore (Bos taurus taurus x Bos taurus indicus) manejadas em diferentes regiões do Brasil. Universidade de São Paulo, Pirassununga. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-18102006-153309/
    • NLM

      Loureiro PEF, Titto EAL. Efeito do fotoperíodo na detecção do estro em fêmeas bovinas Nelore (Bos taurus indicus) e cruzadas Red Angus x Nelore e Limousin x Nelore (Bos taurus taurus x Bos taurus indicus) manejadas em diferentes regiões do Brasil [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-18102006-153309/
    • Vancouver

      Loureiro PEF, Titto EAL. Efeito do fotoperíodo na detecção do estro em fêmeas bovinas Nelore (Bos taurus indicus) e cruzadas Red Angus x Nelore e Limousin x Nelore (Bos taurus taurus x Bos taurus indicus) manejadas em diferentes regiões do Brasil [Internet]. 2005 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/74/74131/tde-18102006-153309/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021