Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento psicológico na fase escolar de crianças ex-prematuras, diferenciadas quanto à gravidade do risco clínico neonatal (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: BORDIN, MARIA BEATRIZ MACHADO - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: CRIANÇAS EM IDADE ESCOLAR; NASCIMENTO PREMATURO; PSICOGÊNESE
  • Language: Português
  • Abstract: especiais do que os demais grupos: No Raven, as crianças MBPG, MBPM e BPL apresentaram resultados significativamente mais baixos do que as crianças AT. Na AVASS e na ECI foram encontradas diferenças significativas entre as crianças MBPG e as AT. As crianças MBPG classificaram-se como ganhadoras dependentes da assistência da examinadora e apresentaram, segundo a percepção das mães, mais problemas de comportamento na avaliação da ECI do que as crianças AT. ... Na ECI, as crianças MBPG apresentaram mais queixas de asma, tanto em relação às BPL quanto às AT; de problemas de linguagem e de sono em relação às BPL e de agitação e destruição de objetos em relação às AT. Além disso, as MBPG são referidas pelas mães como mais difíceis e complicadas do que as AT. As crianças MBPM apresentaram mais queixas de asma em relação às BPL e de agitação, impaciência, tristeza e agarramento à mãe em relação às AT. No entanto, apresentaram menos queixas de desobediência em relação às BPL. Verificou-se que no MBPG o melhor desempenho nos itens evolutivos e emocionais do DFH relacionou-se significativamente com um número maior de pessoas nos lares. No caso das MBPM, um número menor de pessoas nos lares esteve associado significativamente ao melhor desempenho na AVASS. Os achados do presente estudo revelaram que o grupo MBPG apresentou mais problemas de desenvolvimento em relação aos demais grupos. O CRIB mostrou ser sensível como instrumento preditor de risco nodesenvolvimento futuro de crianças nascidas prematuras com muito baixo pesoO presente estudo tem por objetivo realizar uma avaliação psicológica de crianças na fase escolar que nasceram pré-termo com peso abaixo de 1.500g, diferenciadas quanto à gravidade da condição de risco clínico neonatal, e compará-Ia a de dois grupos de crianças nascidas com peso entre 2.000 e 2.500g e crianças nascidas a termo, respectivamente. A amostra foi constituída por 72 crianças, de oito a onze anos, distribuídas em quatro grupos. O Grupo Muito Baixo Peso com Risco Clínico Neonatal Grave (MBPG) incluiu 12 crianças nascidas pré-termo (< 37 semanas de idade gestacional) e muito baixo peso ('< OU =' 1.500g) com risco clínico neonatal grave; o Grupo Muito Baixo Peso com Risco Clínico Neonatal Moderado (MBPM) incluiu 20 crianças nascidas pré-termo e muito baixo peso com risco clínico neonatal moderado. O índice de risco clínico foi avaliado pelo Clinical Risk lndex for Babies - CRIB, sendo risco grave igualou acima de seis pontos e risco moderado abaixo de seis pontos. O Grupo Baixo Peso Limítrofe (BPL) incluiu 20 crianças nascidas baixo peso na faixa de 2.000 a 2.500g; o Grupo A Termo (AT) incluiu 20 crianças nascidas a termo com peso acima de 2.500g. A avaliação das crianças foi realizada por meio do teste de Raven, do Desenho da Figura Humana (DFH), da avaliação cognitiva assistida (AVASS) e da Escala de Comportamento Infantil A2 de Rutter (ECI). Foi realizada análise dos prontuários médicos. O MBPG incluía mais crianças com necessidades educativas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.04.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BORDIN, Maria Beatriz Machado; LINHARES, Maria Beatriz Martins. Desenvolvimento psicológico na fase escolar de crianças ex-prematuras, diferenciadas quanto à gravidade do risco clínico neonatal. 2005.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2005.
    • APA

      Bordin, M. B. M., & Linhares, M. B. M. (2005). Desenvolvimento psicológico na fase escolar de crianças ex-prematuras, diferenciadas quanto à gravidade do risco clínico neonatal. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Bordin MBM, Linhares MBM. Desenvolvimento psicológico na fase escolar de crianças ex-prematuras, diferenciadas quanto à gravidade do risco clínico neonatal. 2005 ;
    • Vancouver

      Bordin MBM, Linhares MBM. Desenvolvimento psicológico na fase escolar de crianças ex-prematuras, diferenciadas quanto à gravidade do risco clínico neonatal. 2005 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021