Exportar registro bibliográfico

Anatomia na subtribo Butiinae, Arecaceae (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: BOTANICO, MARLI PEREIRA - IB
  • Unidade: IB
  • Sigla do Departamento: BIB
  • Subjects: PALMEIRAS; CAULE; ANATOMIA VEGETAL
  • Language: Português
  • Abstract: O estudo anatômico de nove espécies da subtribo Butiinae - Arecaceae, que ocorrem no Estado de São Paulo, propõe ampliar o conhecimento da família, com a análise das seguintes espécies: Butia archei, Butia paraguayensis, Cocos nucifera, Lytocaryum hoehnei, Syagrus flexuosa. Syagrus petraea, Syagrus pseudococos e Syagrus romanzoffiana. Este trabalho apresenta as caracteristicas anatômicas do segmento foliar e do caule, além da análise dos elementos de vasos do metaxilema da raiz, do caule e do segmento foliar, com o objetivo de caracterizar as espécies e contribuir com informações de diagnose que auxiliem no conhecimento da família. Os segmentos foliares apresentam características que podem ser consideradas de valor de diagnose para as espécies analisadas, características essas que refletem adaprtações desse grupo de plantas, tais como: presença de tricomas e indumento, presenrça de hipoderme e o seu número de camadas, presença de hipoderme buliforme no limbo, células hipodérmicas buliformes na nervura principal do segmento, forma da nervura principal do segmento, extensão de fibras nas nervuras, posição da nervura secundária, presença de nervura quaternária, fibras não vasculares. Quanto ao caule, o conhecimento de diferentes tipos de tecidos de revestimento, freqüência do número de feixes do cilindro central, as formas das células parenquimáticas do córtex e cilindro central, dimensões dos elementos de vasos do metaxilema e tipos de placa de perfuração dos mesmos, paraas diferentes espécies, contribui com informações que poderão esclarecer e auxiliar na caracterização das espécies e compreender o caráter adaptativo quanto ao hábito. Pelo primeira vez, na família, é observado o crescimento secundário em espessura, em Butia paraguayensis e Syagrus petrae que apresentam caule curto e subterrâneo respectivamente, através da atividade de uma faixa meristemática, que forma para o interior, na porção mais externa do cilindro central, feixes colaterais e células parenquimáticas, e células parenquimáticas para o exterior, correspondendo à porção mais interna do córtex. O estudo dos elementos de vasos do metaxilema na raiz, no caule e na folha, em Syagrus flexuosa, S. petraea e S. romanzoffiana, confirma a linha evolutiva proposta para as monocotiledôneas, que ocorre da raiz para a folha
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.03.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BOTÂNICO, Marli Pereira; ANGYALOSSY, Verônica. Anatomia na subtribo Butiinae, Arecaceae. 2005.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.
    • APA

      Botânico, M. P., & Angyalossy, V. (2005). Anatomia na subtribo Butiinae, Arecaceae. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Botânico MP, Angyalossy V. Anatomia na subtribo Butiinae, Arecaceae. 2005 ;
    • Vancouver

      Botânico MP, Angyalossy V. Anatomia na subtribo Butiinae, Arecaceae. 2005 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020