Exportar registro bibliográfico

Influência da variação da energia do laser Er:YAG na resistência adesiva de um sistema adesivo convencional simplificado e um self-etching ao esmalte e análise morfológica da interface adesiva. Estudo in vitro (2005)

  • Authors:
  • USP affiliated author: DELFINO, CARINA SINCLER - FORP
  • School: FORP
  • Sigla do Departamento: 804
  • Subjects: ESMALTE DENTÁRIO (ESTUDO IN VITRO); LASER; MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA; DENTÍSTICA
  • Language: Português
  • Abstract: O propósito desse estudo foi avaliar in vitro a influência da variação da energia do laser Er:YAG na resistência adesiva ao esmalte e analisar as interfaces adesivas em microscopia eletrônica de varredura. Dois grupos foram obtidos (de acordo com o sistema adesivo) e divididos em três subgrupos, de acordo com o tratamento da superficie (broca carbide, laser 250mJ ou 300mJ). Os materiais utilizados foram: sistema adesivo convencional simplificado One-Step Plus (TE), sistema adesivo self-etching Tyrian SPE/One-Step Plus (SE) e resina composta morida Filtek Z-250. Após 24 horas de estocagem em água destilada, secções com área transversal quadrangular de 0,8'mm POT. 2' ('+ OU -'0,2'mm POT. 2') foram obtidas. As amostras foram acopladas em uma máquina universal de testes. O tipo de fratura ocorrida foi determinado usando uma lupa estereoscópica em aumento de 80X. Para avaliação morfológica as amostras foram seccionadas longitudinalmente e preparadas para análise em microscopia eletrônica de varredura. Os valores em MPa foram: TE: Broca - 30,54 ('+ OU -'8,08); 250mJ - 10,28 ('+ OU -'4,40); 300mJ - 17,38 ('+ OU -'5,63); SE: Broca - 21,38 ('+ OU -'5,91); 250mJ - 11,85 ('+ OU -'5,30); 300mJ - 11,67 ('+ OU -'3,63). Os grupos preparados com laser exibiram falhas predominantemente adesivas. O laser Er:YAG, de um modo geral, promoveu uma interface adesiva mais irregular que o grupo controle. Para energia 250 mJ houve formação de camada híbrida mais regular com boaformação de tags, principalmente para o sistema adesivo total-etching. Contudo, com a energia 300mJ houve a formação de uma interface adesiva mais irregular com esmalte amorfo e áreas de fusão, para ambos os sistemas adesivos. No grupo controle observou-se uma interface adesiva mais definida com tags evidentes para o sistema adesivo total-etching. Pode-se concluir que o preparo cavitário com laser influenciou na resistência adesiva e na morfologia da ... interface, apresentando resistência adesiva inferior ao preparo cavitário convencional e uma interface adesiva mais irregular
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.02.2005

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DELFINO, Carina Sinclér; PALMA DIBB, Regina Guenka. Influência da variação da energia do laser Er:YAG na resistência adesiva de um sistema adesivo convencional simplificado e um self-etching ao esmalte e análise morfológica da interface adesiva. Estudo in vitro. 2005.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2005.
    • APA

      Delfino, C. S., & Palma Dibb, R. G. (2005). Influência da variação da energia do laser Er:YAG na resistência adesiva de um sistema adesivo convencional simplificado e um self-etching ao esmalte e análise morfológica da interface adesiva. Estudo in vitro. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Delfino CS, Palma Dibb RG. Influência da variação da energia do laser Er:YAG na resistência adesiva de um sistema adesivo convencional simplificado e um self-etching ao esmalte e análise morfológica da interface adesiva. Estudo in vitro. 2005 ;
    • Vancouver

      Delfino CS, Palma Dibb RG. Influência da variação da energia do laser Er:YAG na resistência adesiva de um sistema adesivo convencional simplificado e um self-etching ao esmalte e análise morfológica da interface adesiva. Estudo in vitro. 2005 ;


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2022