Exportar registro bibliográfico

Caracterização de fatores sigma da subfamília ECF em Caulobacter crescentus (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: MARTINEZ, CRISTINA ELISA ALVAREZ - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QBQ
  • Subjects: BIOLOGIA MOLECULAR; REGULAÇÃO GÊNICA; GENOMAS
  • Language: Português
  • Abstract: Em bactérias, os fatores sigma alternativos permitem a rápida adaptação da célula a alterações no ambiente. Dentre estes, os fatores sigma ECF (função extra-citoplasmática) caracterizam-se pelo envolvimento na resposta a sinais da região extra-citoplasmática da célula. O sequenciamento do genoma de Caulobacter crescentus indicou a presença de 13 ORFs codificando fatores ECF. Este trabalho descreve a caracterização de cepas mutantes em cinco genes que codificam fatores sigma ECF de C. crescentus, sendo eles sigL, sigM, sigN, sigU e sigF. A regulação da expressão destes genes em respostas a diferentes estresses foi também analisada, pelo uso de fusões de transcrição de suas regiões promotoras ao gene reporter lacZ. Todos os mutantes mostraram-se viáveis, sendo também tão resistentes quanto a cepa parental a uma série de estresses ambientais testados, indicado que estes genes não são essenciais. Verificou-se, porém, que os mutantes nos genes sigL e sigM são mais sensíveis ao choque térmico extremo (48´GRAUS´C). A caracterização da cepa mutante em sigF mostrou que este gene é essencial para a resistência da célula a estresse oxidativo durante a fase estacionária. A análise da expressão de sigF indicou um controle pós-transcricional, com o acúmulo da proteína SigF durante esta fase do crescimento, sem um aumento na transcrição do gene. Oito genes regulados por ´´rô´POT.F´ durante a fase estacionária foram identificados em experimentos de "microarray",incluindo os genes de resposta a estresse oxidativo, sodA e msrA. A análise da atividade do promotor de sigU mostrou sua indução na entrada na fase estacionária e após estresse salino e osmótico. No entanto, o mutante nulo em sigU não se apresentou mais sensível que a cepa parental a esses estresses. Os resultados aqui descritos permitiram identificar a importância de alguns dos fatores ECF de C. crescentus na resposta a estresses nesta bactéria
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.12.2004
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MARTINEZ, Cristina Elisa Alvarez; GOMES, Suely Lopes. Caracterização de fatores sigma da subfamília ECF em Caulobacter crescentus. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-05112014-104234/pt-br.php >.
    • APA

      Martinez, C. E. A., & Gomes, S. L. (2004). Caracterização de fatores sigma da subfamília ECF em Caulobacter crescentus. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-05112014-104234/pt-br.php
    • NLM

      Martinez CEA, Gomes SL. Caracterização de fatores sigma da subfamília ECF em Caulobacter crescentus [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-05112014-104234/pt-br.php
    • Vancouver

      Martinez CEA, Gomes SL. Caracterização de fatores sigma da subfamília ECF em Caulobacter crescentus [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-05112014-104234/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021