Exportar registro bibliográfico

Transformação de genomas plastidiais de tomate e fumo visando a modificação do metabolismo de tocoferóis (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: BERGER, IRVING JOSEPH - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: BIOLOGIA MOLECULAR VEGETAL; CLOROPLASTOS VEGETAIS; FUMO; GENOMAS; PLASTÍDEOS; TOMATE; ENGENHARIA GENÉTICA; VITAMINA E
  • Language: Português
  • Abstract: A transformação de genomas cloroplastidiais de tomate (Lycopersicon esculentum Mild.) no ano de 2001, mais de uma década após o primeiro resultado do desenvolvimento dessa tecnologia em fumo, ampliou a oportunidade para a introdução e expressão de transgenes em genomas plastidiais de plantas de valor alimentício. Dentre outras vantagens, a segurança ambiental e os altos níveis de expressão de transgenes, com conseqüente elevado acúmulo da proteína de interesse, são decorrentes da transformação de genomas cloroplastidiais. Uma vez que plastídios estão envolvidos em diversos processos metabólicos celulares, a modificação de qualquer um desses processos pode ser viabilizada pela introdução de genes exógenos ou alteração de genes endógenos em plastídios. Dadas as importantes propriedades terapêuticas associadas ao consumo de vitamina E, especialmente -tocoferol, em doses superiores àquelas necessárias à nutrição humana (100 a 400 IU), este trabalho teve como objetivo a obtenção de plantas com alto conteúdo desta vitamina pela transformação de cloroplastos. Os genes slr0089 e slr0090 de Synechocystis sp. PCC6803, que codificam as enzimas *-tocoferol metil transferase (*-TMT) e HPP dioxigenase (HPPDase) respectivamente, foram isolados e introduzidos em vetores de transformação de cloroplastos, resultando nos plasmídeos pIJB30, pIJB31 e pIJB32, os quais contêm as regiões codificadoras dos genes slr0089, slr0090 e slr0089+slr0090, respectivamenteExperimentosde biobalística em explantes foliares de tomate e fumo foram conduzidos para a integração e expressão dos transgenes nos genomas plastidiais. Plantas de fumo contendo as três construções foram confirmadas serem homoplásmicas, possuindo os transgenes corretamente integrados. Desde que superexpressão de genes que codificam a enzima HPPDase em plantas podem levar à resistência aos herbicidas inibidores desta enzima, plantas transplastômicas de fumo foram analisadas e apresentaram resistência ao isoxaflutole em testes in vitro. Plantas de tomate homoplásmicas contendo os transgenes foram confirmadas somente para a construção pIJB32, apresentando os trangenes corretamente integrados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.05.2005
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BERGER, Irving Joseph; AZEVEDO, Ricardo Antunes de. Transformação de genomas plastidiais de tomate e fumo visando a modificação do metabolismo de tocoferóis. 2005.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2005. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-121333/ >.
    • APA

      Berger, I. J., & Azevedo, R. A. de. (2005). Transformação de genomas plastidiais de tomate e fumo visando a modificação do metabolismo de tocoferóis. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-121333/
    • NLM

      Berger IJ, Azevedo RA de. Transformação de genomas plastidiais de tomate e fumo visando a modificação do metabolismo de tocoferóis [Internet]. 2005 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-121333/
    • Vancouver

      Berger IJ, Azevedo RA de. Transformação de genomas plastidiais de tomate e fumo visando a modificação do metabolismo de tocoferóis [Internet]. 2005 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-121333/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021