Exportar registro bibliográfico

Aspectos de biocompatibilidade de cateteres intravenosos no uso clínico (1996)

  • Autor:
  • Autor USP: PINTO, TEREZINHA DE JESUS ANDREOLI - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBF
  • Subjects: CONTROLE BIOLÓGICO DE QUALIDADE DOS MEDICAMENTOS; CONTAMINAÇÃO DE MEDICAMENTOS; FARMACOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O emprego de biomaterial conduz a preocupação no sentido de interação com o tecido biológico, devendo atender ao aspecto funcional assim como de não se constituir em causa da colonização microbiana e subsequente septicemia. Em particular no caso de cateteres intravenosos, embora empregados há longa data, persistem dúvidas de que a metodologia analítica empregada para avaliação biológica dos mesmos não seja suficiente. Isto frente a relatos de reações trombóticas principalmente na ponta de cateter, e de crescimento microbiano preferencial em determinados materiais poliméricos. Com vistas à constatação da biocompatibilidade, inicialmente a nível laboratorial e clínico, procedeu-se à amostragem de materiais representativos no uso hospitalar de rotina, quanto ao tipo de acesso vascular e natureza. Foram testados os tipos periférico (interno à agulha) e central (interno à agulha e externo à agulha), constituídos em poliuretano, poliuretano (Vialon´MARCAREGISTRADA´), Teflon´MARCA REGISTRADA´ e PVC, fabricados por 2 produtores multinacionais e 2 nacionais. Pelos testes de toxicidade sistêmica aguda em camundongos, de toxicidade intracutânea aguda em coelhos, de toxicidade intramuscular aguda em coelhos, de esterilidade, de endotoxinas e de hemólise as amostras evidenciaram inocuidade e segurança aos pacientes para o que foram envolvidas 2.628 unidades. Na avaliação da biocompatibilidade através de uso clínico dos diferentes cateteres intravenosos empacientes internados em 2 hospitais-escola, buscou-se particularmente aspectos de hemocompatibilidade e colonização microbiana dos mesmos. Pacientes aleatoriamente distribuídos quanto ao sexo, idade e histórico clínico participaram no estudo de hemocompatibilidade abrangendo 23 cateteres tipo periférico e 106 centrais, enquanto outros 103 do tipo central se prestaram ao ensaio microbiológico. A avaliação por microscopia eletrônica de varredura foi precedida de ) padronização de técnica após remoção do cateter do paciente, analisando a porção distal e outra, distante desta de aproximadamente 1,5cm. Foram considerados os aspectos de adesão de material biológico, em ambas superfícies do cateter, assim como qualificação e quantificação do mesmo, buscando a relação entre estes parâmetros e natureza da matéria-prima, tipo de uso e origem do cateter assim como características do paciente. Apesar de dados por vezes conflitantes se pode afmnar que a ocorrência de trombogenicidade é maior entre os cateteres centrais e que o PVC favoreceu mais adesão plaquetária, em oposição ao Teflon´MARCAREGISTRADA´ que se mostrou material mais hemo compatível. Tal compatibilidade diz respeito, também, para com hemácias. Os poliuretanos comportaram-se de forma intermediária, tendo sido o tipo Vialon´MARCAREGISTRADA´ aquele que apresentou maior incidência de trombos quando foi de uso vascular central, embora quanto a outros tipos de adesão a situação tenha sido inversa. Com relação àavaliação microbiológica da ponta de cateter não foi possível detectar qualquer relação entre colonização e natureza da matéria-prima. bem como características inerentes ao paciente
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.04.1996
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PINTO, Terezinha de Jesus Andreoli. Aspectos de biocompatibilidade de cateteres intravenosos no uso clínico. 1996.Universidade de São Paulo, São Paulo, 1996. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/9/tde-17042008-100807/ >.
    • APA

      Pinto, T. de J. A. (1996). Aspectos de biocompatibilidade de cateteres intravenosos no uso clínico. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/9/tde-17042008-100807/
    • NLM

      Pinto T de JA. Aspectos de biocompatibilidade de cateteres intravenosos no uso clínico [Internet]. 1996 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/9/tde-17042008-100807/
    • Vancouver

      Pinto T de JA. Aspectos de biocompatibilidade de cateteres intravenosos no uso clínico [Internet]. 1996 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/9/tde-17042008-100807/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021