Exportar registro bibliográfico

Valor genético de populações de milho adaptadas para a região sudoeste de Goiás (2005)

  • Authors:
  • Autor USP: CARDENAS, FERNANDO ENRIQUE NINAMANGO - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LGN
  • Subjects: CERCOSPORIOSE; HIBRIDAÇÃO VEGETAL; MELHORAMENTO GENÉTICO VEGETAL; MILHO; GENÉTICA; RESISTÊNCIA GENÉTICA VEGETAL; VARIAÇÃO GENÉTICA EM PLANTAS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo analisa o potencial genético de populações desenvolvidas para as condições de cultivo da região Sudoeste de Goiás. Para este fim foram utilizadas duas estratégias de pesquisa. Na estratégia I, o objetivo do trabalho foi caracterizar as populações GO-D, GO-F, GN-03, GN-04, GO-G, GO-L e GO-S, através de estimativas de parâmetros genéticos. Foi utilizado um total de 950 famílias de meios irmãos, as quais foram avaliadas em 19 experimentos, em Rio Verde (GO), sob condições de alta incidência de Cercospora zeae-maydis. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados com três repetições. Foram avaliados os caracteres: PE - peso de espigas, AP - altura de planta, AE - altura da espiga, NEP - número de espigas por planta e PRE - posição relativa da espiga. As médias para peso de espigas (t/ha) para as sete populações avaliadas foram: GO-D = 9,57, GO-F = 9,78, GN-03 = 9,46, GN-04 = 10,02, GO-G = 9,0, GO-L = 8,99, GO-S = 10,13. As estimativas da variância genética aditiva em foram consideradas muito altas para todas as características e todas as populações, variando de 487,24 (GO-G) a 1296,46 (g/planta)2 (GN-04) para peso de espigas, de 577,66 (GO-S) a (continua))1390,59 (cm2) (GN-03) para altura de planta e de 430,51 (GO-L) a 1083,78 (cm2) (GN-03) para altura de espiga. Os coeficientes de herdabilidade ao nível de médias de famílias variaram de 0,52 (GO-G) a 0,79 (GN-04 e GO-S) para peso de espigas, de 0,73 (GO-G) a 0,89 (GN-03)para altura de planta e de 0,71 (GO-L) a 0,89 (GN-03) para altura de espiga. Na estratégia II, o trabalho teve como objetivo avaliar o potencial genético de 14 populações F2 de híbridos de milho, em esquema de cruzamento dialélico. As avaliações experimentais foram realizadas em três locais: Piracicaba, SP (Experimento 1), Anhembi, SP (Experimento 2) e Rio Verde, GO (Experimento 3), usando o delineamento em blocos casualizados com 4 repetições. Além dos caracteres já mencionados (PE, AP, AE, NEP e PRE) foram incluídos %AC - porcentagem de plantas acamadas, %QUE - porcentagem de plantas quebradas, %AC+QUE - porcentagem de plantas acamadas e quebradas e CER - resistência a Cercospora zaea-maydis. As populações HG14 (Experimento 1), HG10 (Experimento 2) e HG5 (Experimento 3) apresentaram os maiores valores para os efeitos de populações para PE, possuindo elevado potencial para serem usadas em programas de seleção recorrente intrapopulacional. Os efeitos significativos de heterose para PE e alguns caracteres vegetativos, revelam a existência de divergências genéticas entre populações. Os maiores efeitos de heterose específica (sij) para PE foram observados nos híbridos HG7xHG10 (Experimento 1), HG5xHG8 (Experimento 2) e HG9xHG14 (Experimento 3), sugerindo uma forte divergência genética entre pares específicos de populações parentais. Estas populações são opções interessantes de exploração de padrões heteróticos para emprego em programas de seleção recorrenteinterpopulacional. As análises de variância para CERC indicam que efeitos aditivos foram a fonte de variação mais importante no controle genético da resistência. (continua) )Foram selecionadas populações dentro de cada ambiente para síntese de novos compostos de tamanho k=4
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.04.2005
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NINAMANGO CÁRDENAS, Fernando Enrique; MIRANDA FILHO, José Branco de. Valor genético de populações de milho adaptadas para a região sudoeste de Goiás. 2005.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2005. Disponível em: < https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-143120/ >.
    • APA

      Ninamango Cárdenas, F. E., & Miranda Filho, J. B. de. (2005). Valor genético de populações de milho adaptadas para a região sudoeste de Goiás. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-143120/
    • NLM

      Ninamango Cárdenas FE, Miranda Filho JB de. Valor genético de populações de milho adaptadas para a região sudoeste de Goiás [Internet]. 2005 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-143120/
    • Vancouver

      Ninamango Cárdenas FE, Miranda Filho JB de. Valor genético de populações de milho adaptadas para a região sudoeste de Goiás [Internet]. 2005 ;Available from: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11137/tde-20191220-143120/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021