Exportar registro bibliográfico

Interação de Trichophyton rubrum com macrófagos peritoneais de camundongos (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: CAMPOS, MARINA REIS DE MOURA - FCF
  • Unidade: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: DOENÇAS PARASITÁRIAS (EXPERIMENTOS); DERMATOMICOSES (EXPERIMENTOS); ANTÍGENOS DE FUNGOS; IMUNOLOGIA (EXPERIMENTOS)
  • Language: Português
  • Abstract: Trichophyton rubrum, importante agente de dermatofitoses, é um fungo queratinofílico, capaz de parasitar tecidos como pele e unha. É o principal responsável pelas dermatofitoses crônicas e refratárias ao tratamento e como é uma espécie antropofílica encontra-se muito bem adaptado ao parasitismo humano. Por tratar-se de uma micose cutânea, torna-se necessário o estudo dos fenômenos que ocorrem durante o encontro deste fungo com uma das principais células do sistema imunológico que primeiramente reconhecem o antígeno. Assim sendo, o objetivo deste trabalho é estudar a interação de T.rubrum com macrófagos, para aumentar o conhecimento dos mecanismos envolvidos na resposta imunológica nesta importante patologia. Para isso, foram realizados ensaios de fagocitose de conídios de T.rubrum, seguidos da análise da expressão de moléculas de superfície celular, dosagem de citocinas e viabilidade de macrófagos. Verificamos que o exoantigeno de T.rubrum provocou diminuição da fagocitose de conídios e partículas de zymosan pelos macrófagos. Entretanto, o exoantígeno não interferiu na expressão de moléculas de superfície celular e não foi capaz de estimular os macrófagos a secretar TNF-´ALFA`, IL-12, IL-10 e óxido nítrico. Já os conídios fagocitados por macrófagos , provocaram diminuição significativa na expressão de suas moléculas de superfície, tais como MHC classe II, CD80 e CD54. Após fagocitose de conídios, os macrófagos foram capazes de secretar uma grandequantidade de TNF-´ALFA` e IL-10 e após 8 horas de cultivo, os conídios internalizados iniciaram processo de formação de hifa, provocando lise e a conseqüente morte destas células. Por estes achados e pelos estudos prévios já realizados com o T.rubrum, pensamos que a persistência desta infecção fúngica possa estar relacionada com a ação inibitória do fungo sobre os macrófagos, levando à cronicidade observada nestas lesões
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2004
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CAMPOS, Marina Reis de Moura; ALMEIDA, Sandro Rogério de. Interação de Trichophyton rubrum com macrófagos peritoneais de camundongos. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-20112006-075010/ >.
    • APA

      Campos, M. R. de M., & Almeida, S. R. de. (2004). Interação de Trichophyton rubrum com macrófagos peritoneais de camundongos. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-20112006-075010/
    • NLM

      Campos MR de M, Almeida SR de. Interação de Trichophyton rubrum com macrófagos peritoneais de camundongos [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-20112006-075010/
    • Vancouver

      Campos MR de M, Almeida SR de. Interação de Trichophyton rubrum com macrófagos peritoneais de camundongos [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-20112006-075010/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021