Exportar registro bibliográfico

Caracterização molecular de INc-1, um inibidor da proteína fosfatase do tipo 1 de Neurospora crassa (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: BETON, DANIELA - IQ
  • Unidade: IQ
  • Sigla do Departamento: QBQ
  • Subjects: PROTEÍNAS; BIOLOGIA MOLECULAR
  • Language: Português
  • Abstract: A proteína serina/treonina fosfatase do tipo 1 (PP1) é a principal serina/treonina fosfatase envolvida na regulação de diversos processos tais como metabolismo, crescimento e divisão celular, síntese protéica e processamento de RNA. A holoenzima PP1 é constituída de uma subunidade catalítica conservada (PP1c) e subunidades reguladoras variáveis. Em mamíferos já foram identificados dezenas de polipeptídeos que associam-se direta ou indiretamente a PP1c, gerando holoenzimas com localizações celulares e especificidades distintas. Entre as proteínas que se associam a PP1c, muitas têm função inibitória como o inibidor-1 (I-1) e o inibidor-2 (I-2). A partir de extratos de micélios de Neurospora crassa foi purificada uma proteína. denominada INc-1, que atua in vitro como inibidor da atividade de fosforilase fosfatase de PP1c e constitui-se no primeiro exemplo de subunidade reguladora da PP1 descrito em fungos filamentosos. INc-1 apresenta diversas características bioquímicas comuns ao I-2 de mamíferos. Seqüências parciais de aminoácidos de três fragmentos proteolíticos obtidos de INc-1 permitiram a identificação de uma ORF (fase aberta de leitura) no genoma de N. crassa que provavelmente codifica INc-1. A análise dessa ORF mostrou que a seqüência de aminoácidos do INc-1 é similar a do I-2, especialmente em regiões supostamente envolvidas em sua interação com a PP1c. Neste trabalho descrevemos a clonagem e a expressão em bactérias da sequência codificadora de INc-1. A atividadeinibidora de PP1c de duas isoformas recombinantes purificadas, INc-1L e INc-1, foram avaliadas e comparadas. A forma denominada INc-1L apresenta em sua região aminoterminal um segmento de 38 aminoácidos derivado da retenção de um íntron, sem alterar a fase de leitura. Ambas proteínas recombinantes exibiram efeito inibidor sobre a atividade de fosforilase fosfatase de PP1c recombinante, sendo que a `IC IND.50` determinada )para INc-1L foi de `APROXIMADAMENTE` 50nM e para INc-1 foi de `APROXIMADAMENTE` 11nM, sugerindo que a retenção do segmento de aminoácidos codificado pelo íntron na isoforma INc-1L diminui seu potencial inibitório. Verificamos também que o mRNA de INc-1 é expresso durante o crescimento vegetativo de N.crassa, apresentando níveis máximos na fase exponencial.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 01.10.2004
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BETON, Daniela; DA SILVA, Aline Maria. Caracterização molecular de INc-1, um inibidor da proteína fosfatase do tipo 1 de Neurospora crassa. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-11112014-173834/pt-br.php >.
    • APA

      Beton, D., & Da Silva, A. M. (2004). Caracterização molecular de INc-1, um inibidor da proteína fosfatase do tipo 1 de Neurospora crassa. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-11112014-173834/pt-br.php
    • NLM

      Beton D, Da Silva AM. Caracterização molecular de INc-1, um inibidor da proteína fosfatase do tipo 1 de Neurospora crassa [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-11112014-173834/pt-br.php
    • Vancouver

      Beton D, Da Silva AM. Caracterização molecular de INc-1, um inibidor da proteína fosfatase do tipo 1 de Neurospora crassa [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46131/tde-11112014-173834/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021