Exportar registro bibliográfico

Estrutura genética em populações de bracatinga (Mimosa scabrella Benth. ) por marcador isoenzimático e caracteres quantitativos (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: SOBIERAJSKI, GRACIELA DA ROCHA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LCF
  • Subjects: ÁRVORES FLORESTAIS; GENÉTICA DE POPULAÇÕES VEGETAIS; MARCADOR MOLECULAR; MELHORAMENTO GENÉTICO VEGETAL; REPRODUÇÃO VEGETAL; VARIAÇÃO GENÉTICA EM PLANTAS
  • Language: Português
  • Abstract: A Mimosa scabrella Bentham (bracatinga) é uma espécie arbórea nativa da Mata Atlântica, de ocorrência restrita aos Estados do sul e sudeste do Brasil (RS, SC, PR, SP). A espécie vem sendo cultivada no sul do país e em outros países como Costa Rica e Ruanda, para os mais variados fins. Contudo, embora a espécie tenha diversas utilidades, muito pouco tem sido feito em termos de melhoramento genético. Assim, em Maio de 2003, um teste de procedências e progênies de M. scabrella foi instalado na Estação Experimental de Itatinga (ESALQ/USP), utilizando oito procedências nativas e uma comercial, coletadas ao longo da distribuição geográfica da espécie. O delineamento usado foi o Blocos de Famílias Compactas, com nove procedências, 10 a 20 progênies por procedência, seis plantas por subparcela e cinco repetições. Seis meses após o plantio foi medido o caráter altura total e sobrevivência de plantas no ensaio. Concomitantemente, uma amostra de aproximadamente 50 plantas por procedência foi usada para a analise de eletroforese de isoenzimas, revelando-se sete locos polimórficos. Os resultados mostraram que a espécie tem sistema misto de reprodução com predomínio de cruzamentos (média de tm = 0,971). Na média das procedências foi detectada 7,6% de cruzamento entre indivíduos parentes e 51,3% de cruzamentos biparentais, indicando fortes desvios de cruzamentos aleatórios e que as progênies são constituídas por misturas de diferentes tipos de parentescos. Em concordância, ocoeficiente médio de parentesco entre plantas dentro de progênies foi alto (0,392). A análise da diversidade genética detectou altos níveis de heterozigosidades ( e Hˆ =0,580; ) 530 , 0 ˆ = o H , embora em duas procedências (Caçador- SC e Ituporanga comercial-PR) foram detectados excessos significativos de homozigotos em relação ao esperado sob Equilíbrio de Hardy-Weinberg. O estudo ) da associação entre distância genética de Nei (1978) com a distância geográfica entre procedências, usando o teste de Mantel, não detectou correlação significativa ( 198 , 0 ˆ = r ; 159 , 0 ˆ = P ), de forma que não é possível atribuir o padrão de distância genética observado entre procedências ao modelo isolamento por distância. A comparação da medida de divergência genética entre procedências detectada por caracteres quantitativos ( p Qˆ = 0,039) com a detectada por locos isoenzimáticos ( p qˆ = 0,018) sugere que a divergência genética quantitativa observada entre as procedências aos seis meses de idade para o caráter altura foi causada por seleção divergente ( p p Q qˆ ˆ > ). Parâmetros genéticos foram estimados para o caráter altura, usando os modelos aleatório (assume progênies de polinização livre como meios-irmãos) e misto de reprodução (assume progênies de polinização livre como misturas de diferentes parentescos). A estimativas da variância genética aditiva, os coeficientes de herdabilidade e os ganhos esperados na seleção foram superestimados em 36%, 48% e 41%, respectivamente,quando o modelo aleatório de reprodução foi usado ao invés do modelo misto de reprodução
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.12.2004
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SOBIERAJSKI, Graciela da Rocha; KAGEYAMA, Paulo Yoshio. Estrutura genética em populações de bracatinga (Mimosa scabrella Benth. ) por marcador isoenzimático e caracteres quantitativos. 2004.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-14012005-084110/ >.
    • APA

      Sobierajski, G. da R., & Kageyama, P. Y. (2004). Estrutura genética em populações de bracatinga (Mimosa scabrella Benth. ) por marcador isoenzimático e caracteres quantitativos. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-14012005-084110/
    • NLM

      Sobierajski G da R, Kageyama PY. Estrutura genética em populações de bracatinga (Mimosa scabrella Benth. ) por marcador isoenzimático e caracteres quantitativos [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-14012005-084110/
    • Vancouver

      Sobierajski G da R, Kageyama PY. Estrutura genética em populações de bracatinga (Mimosa scabrella Benth. ) por marcador isoenzimático e caracteres quantitativos [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11150/tde-14012005-084110/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021