Exportar registro bibliográfico

Sensibilidade bacteriana a antimicrobianos: compração entre a concentração inibitória mínima obtida por microdiluição em sistema automatizado e o teste de disco-difusão (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated author: SIQUEIRA, CORINA BUENO DE CAMARGO - FMRP
  • School: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subject: MICROBIOLOGIA MÉDICA
  • Language: Português
  • Abstract: Com o aumento de espécies bacterianas patogênicas resistentes aos antimicrobianos, a acurácia do teste de suscetibilidade tomou-se um desafio para os laboratórios de microbiologia clínica, sendo alvo de pesquisas comparativas entre os métodos de suscetibilidade disponíveis, no mundo todo. Este estudo tem como objetivo analisar dois testes de suscetibilidade a antimicrobianos, pesquisando a associação entre a concentração inibitória mínima (CIM) obtida pelo sistema automatizado Microscan e o diâmetro do balo de inibição do teste de disco-difusão, frente a quatro espécies bacterianas 135 amostras de Staphylococcus aureus, 103 de Pseudomonas aeruginosa,145 de Escherichia coli e 73 de Klebsiella pneumoniae, isoladas no ,Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-SP, no período de janeiro de 2002 a abril de 2003. Forem testados os antimicrobianos representativos das principais classes de antibióticos para cada espécie bacteriana. O método de suscetibilidade adotado como teste de referência foi o teste de disco-difusão, e a associação dos resultados dos dois testes foi feita pelo teste estatístico de Fisher. O método de microdiluição automatizado Microscan apresentou resultados geralmente concordantes com o método de disco-difusão. Verificou-se, porém, porcentagem de erro maior, para as quatro espécies bacterianas, oscilando de 0,78 a 24% e de erro menor, de 0,93 a 15,20%. Entre os antimicrobianos testados frente às espécies bacterianasanalisadas, imipenem e ciprofloxacina forem os que apresentaram maior número de resultados discrepantes, 6,9 e 5,9%, respectivamente. A espécie bacteriana Staphylococcus aureus, mostrou porcentagem de amostras discordantes oscilando de 2,0 a 28,0%, sendo que o antirnicrobiano que apresentou maior número de amostras discrepantes foi rifampicina. Para o antirnicrobiano oxacilina verificou-se porcentagem de discordância de 5,0%, com maior número de amostras ... falsamente resistentes (erro menor). Para Pseudomonas aeruginosa, a porcentagem de amostras discordantes oscilou de 6 a 19%, sendo que o antimicrobiano que apresentou maior número de amostras discrepantes foi ceftazidima. O antimicrobiano imipenem apresentou porcentagem de discordância de 13,0%, com número aproximadamente igual de amostras falsamente resistentes (erro menor) e falsamente sensíveis (erro maior). Para Escherichia coli, a porcentagem de amostras discrepantes oscilou de 2,0 a 23%, sendo cefalotina o antimicrobiano com maior número de amostras discrepantes. Frente ao antimicrobiano ceftazidima a porcentagem de amostras discrepantes foi de 5,0%, com maior número de amostras falsamente resistentes (erro menor). Para Klebsiella pneumoniae, a porcentagem de amostras discordantes oscilou de 2,0 a 15,0%, sendo cefalotina o antimicrobiano com maior número de amostras discrepantes. Frente a quinolona ciprofloxacina, as amostras avaliadas apresentaram porcentagem de discordânciade 13,0%, com maior número de amostras falsamente sensíveis (erro maior). O ETest foi realizado para 12 resultados discrepantes entre os métodos de disco- difusão e microdiluição automatizada, de oito amostras bacterianas. A porcentagem de confirmação pelo ETest do resultado do disco-difusão foi de 83,3% e da microdiluição automatizada de 16,6%
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.12.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SIQUEIRA, Corina Bueno de Camargo; MARTINEZ, Roberto. Sensibilidade bacteriana a antimicrobianos: compração entre a concentração inibitória mínima obtida por microdiluição em sistema automatizado e o teste de disco-difusão. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Siqueira, C. B. de C., & Martinez, R. (2004). Sensibilidade bacteriana a antimicrobianos: compração entre a concentração inibitória mínima obtida por microdiluição em sistema automatizado e o teste de disco-difusão. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Siqueira CB de C, Martinez R. Sensibilidade bacteriana a antimicrobianos: compração entre a concentração inibitória mínima obtida por microdiluição em sistema automatizado e o teste de disco-difusão. 2004 ;
    • Vancouver

      Siqueira CB de C, Martinez R. Sensibilidade bacteriana a antimicrobianos: compração entre a concentração inibitória mínima obtida por microdiluição em sistema automatizado e o teste de disco-difusão. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020