Exportar registro bibliográfico

Estudo da composição corporal de idosos saudáveis e desnutridos (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: MATOS, FERNANDO DIPE DE - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCM
  • Subjects: IDOSOS; ENVELHECIMENTO; COMPOSIÇÃO CORPORAL; NUTRIÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: O crescente envelhecimento populacional e os distúrbios nutricionais a ele associados fazem parte da pauta das discussões científicas das últimas décadas. Parte dos estudos direciona-se para a análise da composição corporal, especialmente do comportamento dos compartimentos hidrofílicos do corpo. Como carecem conhecimentos nesta área, propusemo-nos estudar as alterações da composição corporal, especificamente do estado de hidratação de três grupos: adultos jovens, idosos saudáveis e idosos desnutridos. Esta composição objetivou a análise dos efeitos do envelhecimento e da desnutrição sobre o estado de hidratação. O organismo é composto por gordura e massa magra. Esta última abrange sais, proteínas e água. A água é o maior componente da massa magra. Alguns autores acreditam que a proporção de água, em relação á massa magra, seja uma constante entre diversas espécies animais e aproxima-se do valor 0,732. Logo, 73,2% de toda massa magra é composta de água. Procuramos, em nosso trabalho, estudar se esse valor se mantém constante, mesmo após processos que evoluem com perda de massa magra: o envelhecimento e a desnutrição freqüentemente encontrada entre os idosos. Concentramo-nos, portanto, na busca das variáveis "Massa Magra Corporal" (MMC) e "Água Corpórea Total" (ACT) para calcularmos a fração de hidratação composta pela relação ACT/MMC. Para tanto, a MMC foi obtida a partir de absorcimetria por emissão de fótons (DEXA) e a ACT por espectrometria de massas usandoágua enriquecida com deutério. Os valores da fração de hidratação (ACT/MMC), expressos como média e desvio padrão, foram 0.757 +/- 0.055 para o grupo de jovens, 0,750+/- 0.035 para os idosos saudáveis e 0.743+/- 0.040 para os idosos desnutridos. Os valores amostrais apresentaram distribuição normal e foram analisados por ANOV A. Não houve diferença estatística entre as médias da fração de hidratação quando os três grupos foram comparados (P=0,688). ... Também não houve diferença entre as médias amostrais e o . valor médio populacional da fração de hidratação de massa magra (0,732) encontrado em diversas espécies animais, entre elas, humanos adultos jovens (P>0,05). Portanto, apesar da redução da massa magra e, conseqüentemente de água, durante o envelhecimento e a desnutrição, a proporção 0,732 foi guardada independente da intensidade da perda. Desta forma, não podemos afirmar que organismos idosos ou desnutridos são mais ou menos hidratados em relação aos jovens. Estas informações reforçam a suspeita da existência de mecanismos biológicos reguladores que controlam diretamente o estado de hidratação em situações que cursam com alterações na composição corporal e são concordantes com a existência de uma possível "constante de hidratação" para as diversas espécies animais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.12.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MATOS, Fernando Dipe de; MORIGUTI, Júlio César. Estudo da composição corporal de idosos saudáveis e desnutridos. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Matos, F. D. de, & Moriguti, J. C. (2004). Estudo da composição corporal de idosos saudáveis e desnutridos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Matos FD de, Moriguti JC. Estudo da composição corporal de idosos saudáveis e desnutridos. 2004 ;
    • Vancouver

      Matos FD de, Moriguti JC. Estudo da composição corporal de idosos saudáveis e desnutridos. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020