Exportar registro bibliográfico

Componentes de (co)variância e parâmetros genéticos para caracteristicas de crescimento de bovinos da raça Guzerá usando diferentes estratégias de análise (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: SILVA, ITIBERÊ SALDANHA - ESALQ
  • Unidade: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LZT
  • Subjects: BOVINOS DE CORTE; COMPONENTES DE VARIÂNCIA; CRESCIMENTO ANIMAL; GADO GUZERÁ; MELHORAMENTO GENÉTICO ANIMAL; RESISTÊNCIA GENÉTICA ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: Foram utilizados arquivos com 104.101, 55.063 e 60.782 registros de pesos corporais, do nascimento aos 630 de idades, de bovinos da raça Guzerá, da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), referentes ao período de 1975 a 2001, para estimar componentes de (co)variância e parâmetros genéticos, de acordo com três abordagens de análise, cada uma com um arquivo, utilizando diferentes modelos estatísticos e a metodologia REML. Nestas abordagens foram obtidos valores das estimativas de variância e parâmetros genéticos de modelos unicaracterísticos; modelos uni e bicaracterísticos e, de modelos de regressão aleatória (MRA), respectivamente. Na primeira, com quatro modelos unicaraterísticos, observou-se que o modelo 1, considerado completo, por incluir os efeitos genéticos direto e materno (GM) e os efeitos de ambiente permanente materno e residual, não diferiu significativamente (P<0,05), pelo teste razão de verossimilhança do modelo 2, que exclui o GM. As herdabilidades diretas (h2) estimadas nos modelos 1 e 2, foram muito semelhantes. Os valores de h2 cresceram da primeira idade até a segunda idade, mantiveram os valores até o desmame e depois cresceram. As estimativas de variância genética materna foram baixas, principalmente antes da desmama. Na segunda usando diferentes modelos uni e bicaracterísticos, o comportamento das estimativas foi semelhante à primeira abordagem. Os valores de h2 das análises uni e bicaracterísticas, para os pesos ajustados àsidades padrão de 120(P120), 205(P205), 365(P365) e 550(P550) dias de idades foram 0,15; 0,10; 0,17; 0,14 e 0,14; 0,10; 0,16; 0,15, respectivamente. As correlações genéticas diretas (ra) semelhantes nos modelos 1 e 2 para P120/P205, P120/P365, P120P550, P205/P365, P205/P550 e P365/P550 foram 0,80; 0,54; 0,54; 0,74; 0,62 e 0,95 e, 0,80; 0,54; 0,53; 0,74; 0,62 e 0,95 respectivamente. Na comparação entre os modelos 1 ) e 2, das análises uni e bicaracterísticas, o modelo 2, que exclui GM, proporcionou ajuste similar ao modelo 1. Na análise de regressão aleatória foram testados dez modelos com diferentes estruturas de variâncias residuais e combinações de ordens (k) dos efeitos aleatórios. Pelos critérios de informação de Akaike e Bayesiano de Schwarz, os MRA mais adequados foram os modelos Reg666-r10 (RegkAkCkQ-r10) e Reg653-r10 (RegkAkCkQ-r10), respectivamente, para os efeitos genético aditivo direto (kA), de ambiente permanente de animal (kC) e de ambiente permanente materno (kQ), com as variâncias residuais divididas em dez (r10) classes. As estimativas de h2 de peso ao nascer (PN), 205, 365 e 550 dias de idades, foram de 0,13, 0,43, 0,46 e 0,48, para o modelo Reg666-r10; para o modelo mais parcimonioso (Reg653-10), foram de 0,13, 0,46, 0,54 e 0,56, respectivamente. As correlações fenotípicas, genéticas, de ambientes permanentes animal e materno foram todas positivas e similares entre os MRA. No modelo mais parcimonioso, Reg653-10, as ra do PN/205,PN/365, PN/550, 205/365, 205/550 e 365/550 foram, 0,40, 0,40, 0,42, 0,68, 0,74 e 0,81, respectivamente. Os modelos com homogeneidade de variância foram inadequados. A variância do resíduo dividido em dez classes distintas de variâncias foi mais adequada para modelar a variação residual. Na comparação das três abordagens de análise foi constatado que o MRA constitui alternativa importante para análise de dados de crescimento de bovinos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 25.11.2004
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Itiberê Saldanha; PACKER, Irineu Umberto. Componentes de (co)variância e parâmetros genéticos para caracteristicas de crescimento de bovinos da raça Guzerá usando diferentes estratégias de análise. 2004.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-13012005-160300/ >.
    • APA

      Silva, I. S., & Packer, I. U. (2004). Componentes de (co)variância e parâmetros genéticos para caracteristicas de crescimento de bovinos da raça Guzerá usando diferentes estratégias de análise. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-13012005-160300/
    • NLM

      Silva IS, Packer IU. Componentes de (co)variância e parâmetros genéticos para caracteristicas de crescimento de bovinos da raça Guzerá usando diferentes estratégias de análise [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-13012005-160300/
    • Vancouver

      Silva IS, Packer IU. Componentes de (co)variância e parâmetros genéticos para caracteristicas de crescimento de bovinos da raça Guzerá usando diferentes estratégias de análise [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11139/tde-13012005-160300/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021