Exportar registro bibliográfico

Curva de valores normais de fluxo expiratório máximo em gestantes (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: NEPPELENBROEK, GUSTAVO ANTONIO - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGO
  • Subjects: GRAVIDEZ; SAÚDE MATERNO-INFANTIL; OBSTETRÍCIA
  • Language: Português
  • Abstract: Delinear uma curva de valores normais de fluxo expiratório máximo para gestantes sem patologias, por meio de aparelho expiratório portátil (Mini-Wright Peak Flow Meter), relacionando as medidas obtidas com a estatura, o índice de massa corporal e a idade de cada paciente, ao longo do período gestacional. Método: Foi realizado um estudo prospectivo longitudinal com 26 grávidas acompanhadas do primeiro trimestre até 36 semanas, sendo examinadas a cada quatro semanas. Durante sete visitas, as gestantes exalaram forçadamente três vezes no aparelho, sendo considerado o maior valor como fluxo expiratório máximo. Todas as medidas foram realizadas de forma assistida, pelo mesmo pesquisador, diminuindo a margem de erro do método. O coeficiente de Pearson foi utilizado para calcular as correlações. Resultados: Os valores de fluxo, ao longo da gestação, apresentaram coeficiente de Pearson igual a zero. Os coeficientes de Pearson relacionando fluxo e índice de massa corporal, em cada intervalo estudado, foram: 0,48 ('14 POT. a' semana); 0,48 ('18 POT. a' semana); 0,53 ('22 POT. a' semana); 0,53 ('26 POT. a' semana); 0,47 ('30 POT. a' semana); 0,59 ('34 POT. a' semana) e 0,54 ('38 POT. a' semana). Houve correlação positiva (Pearson = 0,61) entre a estatura da paciente e o fluxo, mas não significativa entre a idade e o fluxo. Conclusões: Os valores de fluxo expiratório máximo não mudaram de forma significativa ao longo da gestação. Fluxos mais elevados foram encontradosem pacientes mais altas. Gestantes com maiores índices de massa corporal prévios à gestação apresentaram maiores fluxos. Não houve correlação entre fluxo e idade materna
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.10.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      NEPPLELENBROEK, Gustavo Antônio; MAUAD FILHO, Francisco. Curva de valores normais de fluxo expiratório máximo em gestantes. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Nepplelenbroek, G. A., & Mauad Filho, F. (2004). Curva de valores normais de fluxo expiratório máximo em gestantes. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Nepplelenbroek GA, Mauad Filho F. Curva de valores normais de fluxo expiratório máximo em gestantes. 2004 ;
    • Vancouver

      Nepplelenbroek GA, Mauad Filho F. Curva de valores normais de fluxo expiratório máximo em gestantes. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021