Exportar registro bibliográfico

Embates de um intelectual modernista: papel do intelectual na correspondência de Mário de Andrade (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: PIRES JÚNIOR, SIDNEY OLIVEIRA - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLH
  • Subjects: MODERNISMO (LITERATURA); INTELECTUAIS; SOCIEDADE; REPRESENTAÇÃO POLÍTICA (HISTÓRIA)
  • Language: Português
  • Abstract: Esta tese teve sua origem no desejo de refletir sobre as relações entre o intelectual e a sociedade. Meu estudo voltou-se para aquela época entre-guerras cujos eventos foram definidores do que se convencionou chamar de Brasil moderno, que foi pensado, debatido e parcialmente implementado naquele período. Enfoquei o movimento modernista na versão de uma das suas grandes figuras, o polígrafo Mário de Andrade, tendo por fonte principal sua correspondência ativa publicada após a sua morte. A documentação em questão compreende os volumes relacionados ao final deste texto como fontes impressas, perfazendo cerca de 1600 cartas do escritor. Diante desse grande conjunto documental optei por alguns recortes temáticos, que podem ser sintetizados sob a noção do fazer do intelectual na vida social brasileira e, deste modo, selecionei as cartas para análise. Ao analisá-las, procurei compor uma leitura sobre a trajetória desse que foi, sem dúvida, um dos mais influentes intelectuais daquele período crucial da história do país, buscando refletir como a correspondência logrou constituir uma unidade pela discussão da situação do intelectual cuja ação e obra portavam um sentido político. Daí o interesse por este célebre conjunto de cartas. Interessou-me, sobretudo, a forma da reflexão sobre a relação entre cultura e sociedade desenvolvida por Mário e que se sintetiza na noção de papel do intelectual. Desse modo, este trabalho pertence à linha de pesquisa de História dasRepresentações Políticas porque trata-se de discutir a elaboração de uma visão sobre o Brasil reconhecidamente influente,... ) ...tanto entre os círculos do poder quanto entre os grupos opositores à ordem estabelecida. Além disso, na minha perspectiva, a correspondência caracteriza-se numa forma peculiar de "fazer história" em dois sentidos: em primeiro lugar, no caso do próprio Mário de Andrade, foi uma alternativa para o debate de idéias, o exercício da crítica e, sobretudo, para o desabafo de um percurso intelectual cheio de vicissitudes. Em segundo, rever aquele momento de efervescência intelectual, procurando revisitar a conjuntura daquele momento e oferecer uma modesta contribuição para elucidar algumas questões, particularmente uma interpretação da correspondência; como fatura, realizei também, numa perspectiva comparativa, algumas observações sobre a forma de reflexão atual comparada à daqueles intelectuais. O paradigma, portanto, está na necessidade, no tempo presente, de pensar o país de modo abrangente como uma iniciativa de superar os inúmeros dilemas herdados da nossa tradição histórico-social
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.12.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PIRES JÚNIOR, Sidney Oliveira; IOKOI, Zilda Márcia Grícoli. Embates de um intelectual modernista: papel do intelectual na correspondência de Mário de Andrade. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Pires Júnior, S. O., & Iokoi, Z. M. G. (2004). Embates de um intelectual modernista: papel do intelectual na correspondência de Mário de Andrade. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Pires Júnior SO, Iokoi ZMG. Embates de um intelectual modernista: papel do intelectual na correspondência de Mário de Andrade. 2004 ;
    • Vancouver

      Pires Júnior SO, Iokoi ZMG. Embates de um intelectual modernista: papel do intelectual na correspondência de Mário de Andrade. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021