Exportar registro bibliográfico

Efeitos farmacológicosn de drogas ditas ansiolíticas e ansiogênicas administradas em ratos testados no labirinto em cruz elevado na presença e ausência de luminosidade (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: BECERRA, ANDREA MILENA GARCIA - FFCLRP
  • Unidade: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: ESTIMULAÇÃO ELÉTRICA; FÁRMACOS; ESTÍMULOS; PSICOBIOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Há relatos de que doses baixas de pentilenotetrazol (PTZ) apresentam um efeito ansiogênico em testes comportamentais que medem ansiedade. No labirinto em cruz elevado a droga reduz a porcentagem de entradas e o tempo gasto nos braços abertos. O clordiazepóxido (CDP), por outro lado, é uma droga que tem efeitos ansiolíticos, aumentando a exploração dos braços abertos do labirinto ao reduzir a aversão natural dos ratos aos braços abertos. Obtém-se um efeito similar quando o teste ocorre no escuro. Cafeína (CAF) é um composto estimulante que, aplicada em baixas doses, estimula a atividade motora no labirinto. O presente trabalho investiga o efeito de drogas gabaérgicas nas medidas de ansiedade obtidas no labirinto em cruz elevado, na presença ou ausência de luz. Ratos distribuídos aleatoriamente em 18 grupos receberam injeções de PTZ (0, 10 e 20 mg/kg), 5 min antes do teste, CDP (0,1.5 e 3 mg/kg) ou CAF (0, 10 e 30 mg/kg) 30 min antes do teste e foram colocados no labirinto em cruz elevado por 5 minutos, permitindo sua livre exploração, sob duas condições de luminosidade: claro (22 lux) ou escuro (0 lux). Os resultados mostraram que nem o PTZ nem o CDP tiveram qualquer efeito quando os animais eram testados no escuro. No claro, o PTZ diminuiu a exploração dos braços abertos, o que foi interpretado como um efeito ansiogênico, e o CDP apresentou um efeito oposto. A CAF provocou um aumento na exploração dos braços abertos somente no escuro. Esses resultados sugerem quea luminosidade deflagra as respostas responsáveis pela esquiva dos braços abertos, e as drogas simplesmente aumentam ou bloqueiam esse efeito. Da mesma forma, a falta da aversão desencadeada pela luz permitiu que a atividade locomotora aumentasse sob a ação da CAF
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.09.2004
  • Acesso à fonte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BECERRA, Andrea Milena; MORATO, Sílvio. Efeitos farmacológicosn de drogas ditas ansiolíticas e ansiogênicas administradas em ratos testados no labirinto em cruz elevado na presença e ausência de luminosidade. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-07022007-085305/ >.
    • APA

      Becerra, A. M., & Morato, S. (2004). Efeitos farmacológicosn de drogas ditas ansiolíticas e ansiogênicas administradas em ratos testados no labirinto em cruz elevado na presença e ausência de luminosidade. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-07022007-085305/
    • NLM

      Becerra AM, Morato S. Efeitos farmacológicosn de drogas ditas ansiolíticas e ansiogênicas administradas em ratos testados no labirinto em cruz elevado na presença e ausência de luminosidade [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-07022007-085305/
    • Vancouver

      Becerra AM, Morato S. Efeitos farmacológicosn de drogas ditas ansiolíticas e ansiogênicas administradas em ratos testados no labirinto em cruz elevado na presença e ausência de luminosidade [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/59/59134/tde-07022007-085305/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021