Exportar registro bibliográfico

Mulher negra professora universitária: trajetória, conflitos e identidade (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: OLIVEIRA, ELIANA DE - FFLCH
  • Unidade: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLA
  • Subjects: NEGROS; TRABALHO FEMININO; PROFESSOR DE ENSINO SUPERIOR; IDENTIDADE ÉTNICA; CONFLITO SOCIAL; GÊNEROS (GRUPOS SOCIAIS)
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho analisa a trajetória das mulheres negras professoras universitárias e suas conseqüências no processo de construção de suas identidades e de sua ação pedagógica. Com efeito, as mulheres negras em questão constroem suas identidades nadando entre duas águas profundas: a das relações de gênero e a das relações raciais. A pesquisa permitiu-nos pormenorizar o processo seletivo pelo qual passaram essas mulheres que conseguiram romper o duplo bloqueio formado pelas relações de raça e de gênero e atingiram a posição profissional de professoras do ensino superior.A questão central que orienta esta pesquisa diz respeito à análise das trajetórias de vida da mulher negra professora universitária, que optou pela carreira do magistério do terceiro grau, as intercorrências encontradas ao longo de sua trajetória pessoal, formação acadêmica, espaços de formação inter e/ou trans-institucional, experiências, frustrações e preconceitos sofridos na caminhada até chegar ao exercício das atividades de ensino em faculdades e/ou universidades. Inquirimos, também, como essas intercorrências incidem sobre o processo de construção de identidade dessas mulheres em circunstâncias conflituosas com as identidades de seus colegas brancos, homens e mulheres. A coleta de dados empíricos foi realizada através de entrevistas, nas quais essas mulheres expressaram o que sentem, o que pensam, suas dificuldades, angústias e incertezas sobre suas trajetórias individuais e práticas docentes. Osrelatos assim colhidos permitiram reunir material que foi interpretado segundo os conceitos de habitus e de campo desenvolvidos por Pierre Bourdieu, conceitos estes que possibilitam a compreensão do processo de construção das identidades individual e coletiva. Assim, valendo-se de sua consciência identitária, )essas mulheres podem orientar suas práticas pedagógicas no que diz respeito às questões de raça e de gênero. No entanto, uma tal discussão sobre a identidade da mulher negra professora universitária, considerando as relações de raça e de gênero, não poderia deixar de levar em conta uma terceira variável: as relações de classe. Daí a necessidade de analisar também os perfis socioeconômicos das entrevistadas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.11.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Eliana de; MUNANGA, Kabengele. Mulher negra professora universitária: trajetória, conflitos e identidade. 2004.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.
    • APA

      Oliveira, E. de, & Munanga, K. (2004). Mulher negra professora universitária: trajetória, conflitos e identidade. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Oliveira E de, Munanga K. Mulher negra professora universitária: trajetória, conflitos e identidade. 2004 ;
    • Vancouver

      Oliveira E de, Munanga K. Mulher negra professora universitária: trajetória, conflitos e identidade. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021