Exportar registro bibliográfico

Análise crítica dos resultados dos métodos operatórios no tratamento do megacólon em 430 pacientes chagásicos internados no Hospital das Clínicas da FMRP-USP (2004)

  • Authors:
  • Autor USP: GARCIA, RICARDO LUIZ SANTOS - FMRP
  • Unidade: FMRP
  • Sigla do Departamento: RCA
  • Subjects: DOENÇA DE CHAGAS; CIRURGIA COLORRETAL (RESULTADOS); HOSPITAIS UNIVERSITÁRIOS
  • Language: Português
  • Abstract: A doença de Chagas é uma moléstia endêmica causada pelo Trypanossoma cruzi, um parasita que é transmitido ao ser humano através de insetos triatomídeos. Afeta milhões de pessoas na América Latina, principalmente no Brasil, Argentina, Chile, Paraguai e Bolívia. O megacólon, a mais comum complicação da tripanossomíase intestinal, quando causa cónstipação grave, é necessário tratamento cirúrgico. Uma variedade de procedimentos operatórios tem sido proposta para o tratamento do megacólon chagásico e suas complicações. O seguimento a longo prazo de todas essas operações tem demonstrado que não existe uma única técnica que contemple as diversas apresentações do megacólon. No período de janeiro de 1977 a dezembro de 2003, 430 pacientes chagásicos foram submetidos a tratamento cirúrgico para o megacólon no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto. Foram realizadas 351 operações eletivas e79 de urgência. A constipação intestinal crônica progressiva, refratária ao tratamento elínico, foi a principal indicação cirúrgica nos pacientes operados eletivamente. A obstrução intestinal por volvo do cólon sigmóide, presente em 48 pacientes, foi a principal indicação cirúrgica na urgência. A obstrução intestinal por fecaloma, a perfuração iatrogênica do retossigmóide e a colite isquêmica foram as outras complicações do megacólon que necessitaram operação de urgência. Quatro tipos de operações realizadas em caráter eletivo mereceram destaque por terem sido as mais utilizadas:retossigmoidectomia anterior (52, 71 %), hemicolectomia esquerda (18,23%), abaixamento de cólon à Duhamel-Haddad (15,95%) e colectomia total (5,98%). Das 79 laparotomias exploradoras realizadas em regime de urgência, em 53 (67,09%) houve ressecção intestinal. Dessas, a sigmoidectomia com colostomia e sepultamento do reto foi a tática mais empregada (45,28%). Das 26 laparotomias exploradoras sem ressecção ... intestinal, 23 (88,46%) resultaram em rafia do sigmóide ou do reto (com ou sem colostomia proximal), destorção do volvo (com colostomia ou fixação do cólon na goteira parieto cólica), ou esvaziamento do fecaloma. Dentre os 430 pacientes operados, 268 (62,33%) evoluiram sem recidiva e 71 (16,51 %) com recidiva da constipação intestinal. A recidiva ocorreu nos primeiros dois anos em 25 pacientes submetidos a retossigmoidectomia anterior, em 16 submetidos a hemicolectomia esquerda, em 4 submetidos à operação de Duhamel-Haddad e em 1 submetido a colectomia total. Quanto ao seguimento pós-operatório, a maioria compareceu aos retornos nos primeiros cinco anos. Com base nos resultados obtidos concluiu-se que: a hemicolectomia esquerda, comparada às demais operações, apresentou maior recidiva da constipação intestinal; a retossigmoidectomia anterior comparada à operação de Duhamel-Haddad apresentou menor número de complicações e maior recidiva da constipação intestinal; as operações de urgência para o tratamento do volvo e do fecalomaapresentaram alta morbimortalidade, exigem resseções intestinais, estomas e reoperações
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.09.2004

  • How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GARCIA, Ricardo Luíz Santos; ROCHA, José Joaquim Ribeiro da. Análise crítica dos resultados dos métodos operatórios no tratamento do megacólon em 430 pacientes chagásicos internados no Hospital das Clínicas da FMRP-USP. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004.
    • APA

      Garcia, R. L. S., & Rocha, J. J. R. da. (2004). Análise crítica dos resultados dos métodos operatórios no tratamento do megacólon em 430 pacientes chagásicos internados no Hospital das Clínicas da FMRP-USP. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Garcia RLS, Rocha JJR da. Análise crítica dos resultados dos métodos operatórios no tratamento do megacólon em 430 pacientes chagásicos internados no Hospital das Clínicas da FMRP-USP. 2004 ;
    • Vancouver

      Garcia RLS, Rocha JJR da. Análise crítica dos resultados dos métodos operatórios no tratamento do megacólon em 430 pacientes chagásicos internados no Hospital das Clínicas da FMRP-USP. 2004 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2021