Exportar registro bibliográfico

Efeito do implante de etonogestrel sobre a agregação plaquetária de mulheres hígidas (2004)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MACEDO, CAROLINA SALES VIEIRA - FMRP
  • Unidades: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGO
  • Subjects: GINECOLOGIA; ENDOCRINOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Introdução: Estudos iniciais sugeriram que o risco para tromboembolismo venoso (TV) era atribuído ao componente estrogênico dos contraceptivos de forma dose-dependente. Estudos epidemiológicos têm sugerido que o risco para TV é maior com contraceptivos combinados que contêm progestagênios de terceira geração (gestodeno, desogestrel) comparados com aqueles com progestagênios de segunda geração (levonorgestrel). Esses achados inesperados têm sido alvo de muitos debates sem uma explicação definitiva. Assim, a questão das diferenças nas propriedades de cada progestagênio sobre a hemostasia tem sido levantada. Apesar dos progestagênios não serem associados a alterações marcantes nos parâmetros hemostáticos, existem poucos estudos sobre os efeitos dessas drogas, especialmente os progestagênios de terceira geração, no sistema hemostático. Objetivo: Avaliar o efeito do implante subdérmico de etonogestrel sobre à agregação plaquetária de mulheres hígidas, em seis meses de tratamento. Casuística e Métodos: Vinte e quatro mulheres saudáveis e voluntárias foram selecionadas neste estudo longitudinal e prospectivo, para usar um implante contraceptivo subdérmico de etonogestrel (metabólito biologicamente ativo do desogestrel). A agregação plaquetária foi avaliada em todas as mulheres, exceto uma, no período pré-inserção e após um, três e seis meses da inserção do implante. A agregação plaquetária foi induzida com adrenalina 50'mü'M colágeno 10'mü'g/ml,colágeno 5 'mü'g/ml, ADP 35 'mü'M e ADP 17,5'mü'M. A análise estatística foi feita com o teste de Wilcoxon para comparar a diferença entre cada período de tratamento com os valores pré-tratamento. Resultados: Houve uma redução transitória, estatisticamente significativa, na mediana do percentual máximo de agregação plaquetária de 27%, 14% e 11%, respectivamente, com colágeno 5 'mü'g/ml, adrenalina 50 'mü'M e colágeno 10 'mü'g/ml, observada um mês após a inserção do ) implante comparado ao valor pré-inserção (p< 0,05). A agregação plaquetária com esses agonistas retomou ao seu valor basal, após seis meses da inserção. Com outros agonistas, como o ADP 35 'mü'M e ADP 17,5 'mü'M, não se observou o mesmo fenômeno. Conclusão: Os resultados deste estudo mostram, pela primeira vez, que o uso do implante de etonogestrel está associado à redução transitória, mas significativa, da agregação plaquetária, observada em um mês de uso do contraceptivo, a qual retorna a seus valores normais em seis meses da inserção do implante
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.06.2004
  • Online source access
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MACEDO, Carolina Sales Vieira; SÁ, Marcos Felipe Silva de. Efeito do implante de etonogestrel sobre a agregação plaquetária de mulheres hígidas. 2004.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2004. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17145/tde-12012007-123734/ >.
    • APA

      Macedo, C. S. V., & Sá, M. F. S. de. (2004). Efeito do implante de etonogestrel sobre a agregação plaquetária de mulheres hígidas. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17145/tde-12012007-123734/
    • NLM

      Macedo CSV, Sá MFS de. Efeito do implante de etonogestrel sobre a agregação plaquetária de mulheres hígidas [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17145/tde-12012007-123734/
    • Vancouver

      Macedo CSV, Sá MFS de. Efeito do implante de etonogestrel sobre a agregação plaquetária de mulheres hígidas [Internet]. 2004 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/17/17145/tde-12012007-123734/


Digital Library of Intellectual Production of Universidade de São Paulo     2012 - 2020